17

Sonhei Que Amava Você (Tammy Luciano)

FICHA TÉCNICA
Nome original: Sonhei Que Amava Você     
Autoras: Tammy Luciano
País de origem: Brasil
Número de páginas: 296
Ano de Lançamento: 2014
ISBN-13: 9788565859455
Editora: Valentina

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 17º livro lido em 2016 e foi SONHEI QUE AMAVA VOCÊ (Tammy Luciano). Confesso que me interessei pelo livro em função da capa linda que ele tem e também, achei o nome bonito e intenso, sendo assim, coloquei na lista de leituras e quando chegou a vez dele, comecei a ler imediatamente.
O livro nos traz a Kira, uma garota de vinte e dois anos, de uma família tradicional do Rio de Janeiro. De certa forma, uma garota com uma posição financeira confortável, uma família carismática e uma melhor amiga maravilhosa, a Lelê. Porém Kira nunca namorou sério com ninguém, nem sequer se apaixonou e isso a incomoda às vezes, até que ela começa a sonhar com um rapaz muito bonito e interessante e dias após o primeiro sonho com ele, ela o conhece em função de um acidente de carro, onde ela e o irmão, se prontificam a ajudar as vítimas e o personagem dos seus sonhos, Felipe, aparece para ajudar também.

O livro então se desenvolve em Kira se apaixonar por Felipe e ele por ela, porém com alguns contratempos no caminho dos dois e o principal é uma ex namorada de Felipe, Jalma, que dificultará o amor dos dois. Ao mesmo tempo, Jalma tem uma irmã que está desaparecida, a família acredita que ela simplesmente fugiu, mas Kira acaba sonhando com ela e descobre através dos seus sonhos, que ela foi raptada. Kira então precisa reunir os amigos para ir resgatar a irmã da ex namorada do seu amor.

A premissa do livro é original e a escrita da autora é tranquila, simples e leve, porém o livro não conseguiu me envolver como eu gostaria de ter sido envolvida. A protagonista não me cativou e em diversos momentos da narrativa, eu sentia uma certa artificialidade nas suas descrições de si mesma: politicamente correta, boa filha, boa irmã, boa amiga, preocupada com os animais abandonados, responsável com o trabalho e blá, blá, blá. Eram tantos adjetivos para se apresentar no texto, que isso me cansou. Sem falar que a cada troca de roupas, a personagem se sentia na obrigação de descrever o seu look. E ainda inúmeras inserções de músicas que o texto tem. Achei tudo muito exagerado e forçado.

A descrição das pessoas ao seu redor também estava dentro destas características. A protagonista falou várias vezes, repetidas vezes, sobre as inúmeras qualidades dos irmãos gêmeos, perfeitos, queridos e insubstituíveis. De igual forma, assim conhecemos os pais, a amiga e o Felipe, o garoto que a conheceu no acidente, que não sabia quem ela era e que ainda assim, se apaixonou rapidamente.

Tudo no livro foi deixado na superficialidade. Todos os temas abordados, vários inclusive, não foram aprofundados e esmiuçados como deveriam. Na terceira parte do livro, Kira, Felipe e os amigos, vão resgatar a irmã de Jalma que está desaparecida. Todos adultos, responsáveis, inteligentes e bem informados, mas nenhum deles pensa em contar para  a policia o que está acontecendo, ou seja, nesta parte da história, as inconsistências do enredo aparecem atropelando a narrativa e o texto perde a credibilidade. 

Enfim, o livro não funcionou para mim. A escrita da autora, como disse, é simples e fluida, mas o enredo em si não ajudou em nada. A temática de Kira sonhar com pessoas que ela não conhece, não foi explorado e nem bem argumentado. Assim como o tema surgiu, o tema sumiu. O romance é bem fraco e pouco convincente. Vez por outra, algum personagem secundário, rouba a cena e nos prende um pouco, mas isso não acontece muitas vezes. Não gostei e é um livro que não recomendo porque o achei fraco em todos os aspectos que ele poderia se encaixar.

Mas nem tudo estava perdido... Ao ler os agradecimentos - sim, eu leio tuuuuuuudooooo - achei uma graça a autora agradecer aos blogueiros pelo apoio em divulgação. Realmente foi a primeira vez que eu vi isso em um livro e achei extremamente pertinente, principalmente no nosso país, onde o trabalho de promoção e divulgação de lançamentos nacionais, é de grande responsabilidade da blogosfera.

A capa e a arte gráfica toda do livro está ótima, mas em relação ao conteúdo, não consegui apreciar como eu gostaria. Fiquei bem desapontada com a história e sinceramente, não penso em ler outra coisa da autora tão cedo.

Não gostei!


Um pouco sobre a autora: Tammy Luciano é atriz, jornalista e escritora. Além de escrever, Tammy grava os vídeos do projeto Crônica Falada. . Adora chocolate, madrugada, natureza, cachorros, Frida Kahlo, amor de verdade, viajar e conhecer pessoas. Alguns dos seus livros publicados são:
  • Fernanda Vogel na Passarela da Vida
  • Novela de Poemas
  • Sou Toda Errada
  • Claro Que Te Amo
  • Garota Replay
  • Sonhei Que Amava Você
  • Escândalo
Comentários
17 Comentários

17 comentários:

  1. Oi, Ivi!
    Protagonistas bem boazinhas não funcionam comigo. Sempre as acho bem trouxas.
    Outra coisa que não funciona são descrições demais. O texto fica muito cansativo.
    Achei fofo a autora agradecer aos blogueiros. Poucos fazem isso.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do sorteio do livro Marianas | Participe do sorteio Mês das Mulheres em Dobro
    Porcelana - Financiamento Coletivo

    ResponderExcluir
  2. Já li Garota Replay da Tammy e não gostei muito. Aconteceu o mesmo que aconteceu com você, a escrita é fluída mas a trama é fraca, logo, não tenho interesse em ler este também. Mas a capa é linda!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  3. A capa é linda.mesmo,isso não podemos negar. Eu não sou muito fã de romsnce e só por esse motivo eu já não leria o livro, mais saber que is personagens são tão superficiais e perfeitos ao mesmo tempo fez com que eu perdesse a vontade de vez.
    Tomara que sua próxima leitura seja melhor...
    Bj
    Camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir
  4. Olá linda,

    Livros com clichês e personagens superficiais e pior enredo bem artificial não conseguem conquistar ninguém e principalmente a mim.

    Não gostei dessa capa rs.

    Beijos,
    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/03/resenha-quando-ela-se-foi.html

    ResponderExcluir
  5. Oi Ivi
    Realmente o que me faria ler esse livro é a capa.
    Mas estava com um pé atrás por conta da sinopse e ver sua resenha confirmou que a leitura não agrada muito.
    Uma pena quando isso acontece. Personagens fracos detonam qualquer com enredo. Mas o que importa é que leituras melhores virão.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  6. Olá Ivi,
    Tinha muita curiosidade em relação ao livro, mas fiquei bastante decepcionada por saber que tudo foi tratado na superficialidade :(
    Enfim, acredito que eu precisa ler para ver se concordo com o que você disse, mas não farei tão logo :(
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi Ivi *---*

    Esse livro está na minha lista de desejados a mais de um ano. Agora fiquei na duvida, pois odeia livros superficiais e descrições desnecessárias, sempre me identifico com seu gosto literário pois é parecido com o meu, então creio que terei a mesmo impressão =/

    Bjos

    http://rillismo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Ai, eu li dela Claro que Te Amo e Garota Replay e gostei de Claro que Te amo. Pena que este não funcionou muito para você pela questão de não ter ido muito a fundo nos temas, mas a autora é bem querida e sempre deixa recados para os leitores no Skoob. Mas realmente depende muito de como é a descrição da obra. (só uma ressalva: ali em negrito no início da resenha o nome do livro está errado. ) :)

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Ivi!
    Esse livro também não funcionou par amim. A protagonista é tão perfeita, tem uma vida tão perfeita, que foi dificil acreditar no que estava lendo. Sem contar que o romance pouco me cativou :( Confesso que gostei da capa, mas a história não atendeu as expectativas.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  10. Olá!

    Não conhecia o livro e depois dessa resenha pretendo não conhecer mesmo... Mocinha super boazinha? Ninguém é perfeito assim ne? Ela tem que ter algum defeito, todo mundo tem. Poxa essa coisa de sonhar com pessoas que não conhece era algo que a autora podia ter explorado bem, uma pena que ela não explorou. Estou completamente desanimada a ler este livro, passarei bem longe. Sua resenha foi ótima e seus argumentos também.

    Beijinhos!
    Cantinho Cult

    ResponderExcluir
  11. Oi Ivi, é uma pena que o livro não tenha te cativado, eu nunca li nada da autora então não posso opinar, mas tenho muita vontade de conhecer suas obras, até acho bem interessante a premissa desse livro, mas não sei se eu começaria por ele.

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem??

    Eu também me interessei pela capa e pelo nome!
    Uma pena que ele não é tudo aquilo que aparenta ser... Tinha tudo pra ser tão bom :/ gostei da sinceridade na resenha!
    Apesar de tudo achei muito bacana o agradecimento para os blogueiros, realmente, eu também nunca tinha visto

    XOXO
    umnovo-roteiro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Ivi lindona eu confesso que a premissa do livro não me chama atenção, uma pensa você não ter se conectado com a protagonista, acabei de ler um livro assim, não adianta a protagonista não me cativou. dessa vez vou deixar passar a dica. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Concordo com você, a premissa do livro é bem original mesmo, mas no meu caso, não me atraí tanto pela capa.
    Pelo visto a personagem principal é bem egocêntrica, eu não sou muito fã de personagens assim, a não ser que sejam bem humorados.
    Lindo mesmo a autora ter agradecido a blogosfera, foi bem pertinente.
    bjs
    diariodeumapsicopedagoga.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bom?

    Me decepcionei com essa resenha :( Achei que fosse um livro tão bom, mas fui enganada .-. É tão estranho quando o livro tem tudo para ser bom, mas o enredo acaba pecando em algumas partes. É como em filmes, que parecem ser ótimos, com atuações boas, mas o roteiro atrapalha.

    Realmente me canso quando vejo personagens tão perfeitos, já que isso foge um pouco da nossa realidade. Além disso, para que ficar contando da roupa que ela está vestindo? Acho superficial também .-.

    Obrigada pela dica, mesmo assim ;)

    Beijos.

    http://instantesmemoraveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Olá

    Tinha vontade sa ler esse livro até saber do excesso de perfeição dos personagens, achei bem pretensioso da autora frisar que os personagens são perfeitos. Não curto descrições desnecessárias também, tenho certeza que me irritaria fácil.

    Bjos

    Everton equipe Rillismo (rillismo.blogspot.com.br)

    ResponderExcluir
  17. Olá, Ivy!

    Eu sempre tive o interesse em ler esse livro, também por conta da capa, a editora caprichou. Eu vejo que esse é um livro que divide opiniões, há aqueles que amam e os que não gostam como foi o seu caso. Tenho curiosidade em conhecer a escrita da autora, mas depois da sua resenha, acredito que irei começar por Escândalo, que é outro livro que tenho muita curiosidade em ler.
    É uma pena quando o livro tem uma boa proposta, mas não é bem desenvolvido :/

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014