11.10.21

Minhas Produções Favoritas da Pixar


Oi gente que ama livros, hoje venho compartilhar com vocês as minhas cinco produções favoritas da Pixar. Sou uma grande admiradora de animações e desenhos animados e sem dúvida, as favoritas da vida são produções da Pixar e Disney e por isso, aproveitando a semana em que comemoramos o Dia das Crianças, venho contar para você só que mais gostei de ver na vida dentro deste estúdio milionário.

Vamos conferir?

Divertida Mente – 2015

Sinopse: Com a mudança para uma nova cidade, as emoções de Riley, que tem apenas 11 anos de idade, ficam extremamente agitadas. Uma confusão na sala de controle do seu cérebro deixa a Alegria e a Tristeza de fora, afetando a vida de Riley radicalmente.

Eu amo demais essa produção e lembro de ter ido ao cinema assistir apenas porque me u filho queria ver e saí de lá impactada. Uma amiga minha tinha ido conosco e eu e ela saímos de lá emocionadíssimas pela sensibilidade em que uma produção teve em lidar com o que sentimos e com o que desejamos sentir. Sem dúvidas, um dos meus favoritos da vida inteira.







Monstros S. A.

Sinopse: A maior fábrica de monstros do mundo conta com James Sullivan, um dos monstros mais assustadores, que tem o pelo azul e chifres, além de seu assistente e melhor amigo Mike, um monstro verde de um olho só. Eles têm por missão assustar as crianças, que são consideradas tóxicas pelos monstros e cujo contato com eles seria catastrófico para seu mundo. Porém, ao visitar o mundo dos humanos a trabalho, Mike e Sully conhecem a garota Boo, que acaba sem querer indo parar no mundo dos monstros.

Assisti essa produção antes de ser mãe e antes de ter o meu fascínio por animações resgatadas da infância e não esqueço o momento da virada do enredo em que descobrimos junto com os personagens o que pode dar mais energia para todo um planeta. Amo também a produção que precede essa narrativa – Universidade Monstros – mas esse aqui é especial demais pra mim.

Soul

Sinopse: Joe é um professor de música do ensino médio apaixonado por jazz, cuja vida não foi como ele esperava. Quando ele viaja a uma outra realidade para ajudar outra pessoa a encontrar sua paixão, ele descobre o verdadeiro sentido da vida.

A morte é um dos temas mais difíceis pra mim e por isso, sempre me emociona um enredo, seja livro ou filme, que trate o tema com seriedade e profundidade e foi isso que encontrei em Soul, somado a um visual perfeito e uma trilha sonora incrível.








Toy Story

Sinopse: O aniversário do garoto Andy está chegando e seus brinquedos ficam nervosos, temendo que ele ganhe novos brinquedos que possam substituí-los. Liderados pelo caubói Woody, o brinquedo predileto de Andy, eles recebem Buzz Lightyear, o boneco de um patrulheiro espacial, que logo passa a receber mais atenção do garoto. Com ciúmes, Woody tenta ensiná-lo uma lição, mas Buzz cai pela janela. É o início da aventura do caubói, que precisa resgatar Buzz para limpar sua barra com os outros brinquedos.

Eu assisti essa produção pela primeira vez na faculdade em uma matéria para uma disciplina eletiva de filosofia e nunca esquecerei o que senti quando me dei conta do que o enredo se tratava. A história ficou no meu coração por anos, até eu em tornar mãe, colocar esse filme pro meu filho assistir e morrer de felicidade em ver ele se tornar um dos favoritos dele também. Amo as sequências, acho que é uma das franquias mais bem-feitas do mundo, mas o primeiro, sem dúvida é o que ficou pra sempre no meu coração.

Viva – A Vida é Uma Festa

Sinopse: Apesar da proibição da música por gerações de sua família, o jovem Miguel sonha em se tornar um músico talentoso como seu ídolo Ernesto de la Cruz. Desesperado para provar seu talento, Miguel se encontra na deslumbrante e colorida Terra dos Mortos. Depois de conhecer um charmoso malandro chamado Héctor, os dois novos amigos embarcam em uma jornada extraordinária para desvendar a verdadeira história por trás da história da família de Miguel.

Esse é, sem dúvida, o meu favorito entre todas as animações que eu já conferi na vida. E motivos não me faltam pra isso. Primeiro porque traz o México como cenário e a sua cultura é muito bem explorada dentro do enredo, com respeito e detalhes. Segundo porque a música é o fio condutor desta história e isso traz um tom muito sensível para a produção. Mas o motivo que me fez amar esta produção foi outra vez o tema da morte ser tratado com responsabilidade e leveza. Adorei demais.

Enfim, essas são as minhas produções favoritas da Pixar e eu gostaria de saber se você gosta de animações e quais as suas favoritas. Deixe nos comentários porque vou adorar conferir.

Beijos 

3 comentários:

  1. Oi Ivi!
    Adoro animações Monstros S.A. é o meu favorito e depois Nemo (eu acho que é também produção da Pixar) eu já assisti também Toy Story bem legal também os outros que citou ainda não assisti mas vou dar uma conferida, obrigada pela dica. Parabéns pelo post e suas escolhas, bjs!

    ResponderExcluir
  2. Oie, tudo bem? Ah, eu amo indicação de animações. Faz um tempinho que não assisto porque minha rotina está corrida mas amo Tarzan e O rei leão. Da sua lista já assisti Viva e Toy story. Um amigo meu indicou Soul mas ainda não parei pra ver. Tenho visto muitos elogios sobre essa produção, espero gostar. Um abraço, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  3. Oi Ivy, tudo bem?
    Sem dúvida essas animações parecem excelentes e todas elas inclusive tem, na maior parte do tempo, críticas positivas. Ainda mais quanto aos assuntos abordados nesses filmes, que muitas vezes são adultos demais, e eu me refiro ao nosso entendimento sobre isso.
    No entanto, a animação que eu quero de fato ver dessas todas é "Viva". Me emociono só de ver a cena em que o Miguel canta com a bisavó dele "Lembre de Mim". Pensa numa cena LINDA!
    Um beijo de fogo e gelo da Lady Trotsky...
    http://wwww.osvampirosportenhos.com.br

    ResponderExcluir