13.9.21

Esplêndida (Julia Quinn)

Ficha Técnica:
Nome Original: Splendid
Autor: Julia Quinn
País de Origem: Inglaterra
Tradução: Ana Rodrigues
Número de Páginas: 336
Ano de Lançamento: 2021
ISBN-13: 9786555651010
Editora: Arqueiro

Oi gente que ama livro, hoje venho com a resenha do 66º livro lido em 2021 e foi Esplêndida (Julia Quinn). Não é segredo para ninguém que sou verdadeira cadelinha da autora, porém, minha empolgação para ler esse livro era ainda maior porque este foi o primeiro livro publicado da autora e só agora chegou ao Brasil. Parti para esta leitura sedenta!!!

O livro nos traz Emma Dunster, uma jovem americana de 20 anos que diferente das jovens da sua idade que sonham em se casar e formar uma família, tem como objetivo assumir os negócios do pai, que tem um bem-sucedido estaleiro em Boston. Infelizmente, devido à mentalidade machista da época, uma jovem mulher solteira não pode ficar à frente de qualquer negócio. Pensando em uma forma de distraí-la desse sonho, seu pai a envia para a Inglaterra, com o objetivo claro de que ela arranje um casamento e desista da ideia. Só que a apresentação à sociedade, seguida de bailes em meio à aristocracia inglesa, não é algo que atraia muito Emma, que tem personalidade bastante forte e espírito inquieto. Em meio ao tédio, somado ao espírito de rebeldia, Emma se veste de criada para se livrar da tensão da expectativa de um baile organizado por sua tia, mas ao sair à rua, se envolve em um acidente que a leva diretamente aos braços de Alexander Ridgely, Duque de Ashbourne.


A última coisa que Alex quer na vida é casar. Aos 29 anos e dono de uma fortuna e de título invejáveis, planeja arranjar uma esposa por volta dos 40 anos, quando pretende ter seu herdeiro para o título. Por enquanto, ele está muito bem confortável com sua vida de solteiro, enquanto mantém uma ou outra amante e cultiva sua fama de conquistador. Então, quando uma bela criada de cabelos cor de fogo cai em seus braços, imediatamente tem em mente transformá-la em sua amante, pois se sente instigado pela jovem que, logo de cara, o desafia e lhe desperta desejo.

Infelizmente, seus planos de uma conquista fácil caem por terra quando ele descobre que a beldade ruiva é uma rica americana, sobrinha de um conde. Porém, decidido a conquistar Emma, Alex decide elaborar um plano de sedução para levá-la para sua cama, sem se comprometer com casamento.


Mas Emma está longe de ser uma jovem tola. Apesar de Alex despertar sentimentos que nunca imaginou sentir, ela não cai nas garras desse notório sedutor. Enquanto Alex aprende que não é tão fácil fazer com que Emma faça suas vontades, também surgem sentimentos nele que podem fazê-lo mudar de ideia sobre tudo o que acreditava sobre relacionamentos. Basta saber qual dos dois teimosos vai ceder primeiro.

Fiquei surpresa ao ver que essa história se tratava do primeiro livro escrito por Julia Quinn. Apesar de ser seu romance de estreia, a autora nos entrega elementos que amamos ler em livros de época: leveza com momentos cômicos excelentes, romance picante e personagens inesquecíveis. 

Como sempre, a personagem feminina é pouco comum: Emma tem uma força bem característica, personalidade forte e atitudes firmes. Ela não é somente uma mocinha apaixonada por um homem que não quer casar, também se importa com a família, com os primos e é capaz de tudo para ajudá-los.

Enquanto Emma é uma mulher à frente do seu tempo, Alex é o estereótipo típico do homem de séculos passados. Arrogante e com comportamento inadequado, é o retrato de uma sociedade limitada e castradora que permite o amor desconstrua tudo isso. 


Apesar de ser o primeiro livro da autora, arrisco a dizer que foi um dos meus favoritos dela pela simplicidade da trama e pela força da protagonista. Temos uma mulher que sabe o que quer da vida e como quer chegar lá e nem a certeza do amor verdadeiro será capaz de impedi-la disso.

Amei!!!


Um pouco sobre a autora: Julia Quinn começou a trabalhar em seu primeiro romance um mês depois de terminar a faculdade e nunca mais parou de escrever. Seus livros já atingiram a marca de 10 milhões de exemplares vendidos, sendo mais de 3,5 milhões da série Os Bridgertons, publicada pela Arqueiro. Seus romances já foram traduzidos para 29 países. 

Alguns dos seus livros publicados no Brasil são:

    • O Duque e Eu
    • O Visconde Que Me Amava
    • Um Perfeito Cavalheiro
    • Os Segredos de Colin Bridgerton
    • Para Sir Philip, com Amor
    • O Conde Enfeitiçado
    • A Caminho do Altar
    • E Viveram Felizes Para Sempre
    • Uma Noite Como Esta
    • Simplesmente o Paraíso
    • Os Mistérios de Sir Richard
    • A Soma de Todos os Beijos
    • Como Agarrar uma Herdeira
    • Como Se Casar Com Um Marquês
    • Uma Dama Fora dos Padrões
    • Um Marido de Faz de Conta
    • Um Cavalheiro a Bordo
    • Uma Noiva Rebelde
    • História de Um Grande Amor
    • O Que Acontece em Londres
    • Dez Coisas Que Eu Amo em Você
    • Esplêndida
    • Brilhante

Um comentário:

  1. Ganhei esse livro e estou doida pra ler, pois gosto das mocinhas de época que não aceitam a realidade que lhes é imposta, e sim que possuem atitude e querem seu lugar na sociedade.
    E que mesmo quando se apaixonam, não ficam bobocas.

    Danielle Medeiros de Souza
    danibsb030501@yahoo.com.br

    ResponderExcluir