10.8.20

Anjos e Demônios (Dan Brown)

Ficha Técnica:
Nome Original: Angels & Demons
Autor: Dan Brown
País de Origem: Estados Unidos
Tradução: Maria Luiza Newland da Silveira
Número de Páginas: 464
Ano de Lançamento: 2004
ISBN-13: 9788575421468
Editora: Sextante

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 53º livro lido em 2020 e foi Anjos e Demônios (Dan Brown), minha quarta e última escolha para o projeto de Parados na Estante. Meu primeiro contato com o autor foi em 2010 quando comecei a ler O Símbolo Perdido e abandonei. Como tenho este e outros títulos do autor da estante há um bom tempo, já passava da hora de ler algo dele e tentar entender porque tantos leitores o consideram como um dos favoritos da vida.

O livro nos traz Robert Langdon, um professor universitário especialista em simbologia. Certo dia, ele recebe uma ligação do diretor de um grande centro de pesquisas na Suíça que o chama para investigar um símbolo marcado em um cientista assassinado. Para Robert, a ligação foi um tanto descabida e não lhe despertou interesse, no entanto, quando viu a marca, logo percebeu que se tratava de algo bem sério.


Robert viaja para a Suíça e confirma suas suspeitas. Não se trata de um assassinato isolado, a Cidade do Vaticano está em perigo e o inimigo não é apenas um homem comum, é uma antiga organização secreta disposta a destruir a igreja católica às vésperas do conclave para eleger o novo papa. 

Robert e Vittoria, filha do cientista assassinado, viajam para Roma para impedir que essa organização consiga cumprir com seus planos. Ao chegarem lá, se deparam com inúmeros obstáculos e grandes surpresas. Robert descobre que há muitos segredos escondidos no Vaticano.

O livro é repleto de aventura, mistério, investigação, crimes e traição, em volta do tema principal que é ciência versus religião. Dan Brown enriquece as cenas com descrições detalhistas do que ocorre na história. No entanto, não é uma leitura cansativa. As informações descritas pelo autor servem para ligar os fatos e fazer o leitor compreender mais plenamente os simbolismos relacionados. 


O livro questiona uma série de tradições cristãs e particularmente da igreja católica e foi uma parte curiosa da leitura para mim, porque não conheço a maioria dessas peculiaridades e agregou bastante à leitura. 

Robert é um personagem carismático e esperto, o que nos fascina logo nas primeiras páginas. De igual modo, Vittoria chama a atenção pela inteligência e forte senso de justiça, ambos formam uma dupla interessante. Apesar do livro não trazer romance na sua premissa, é impossível não desejar que os personagens fiquem juntos.


O livro é dinâmico, frenético e há tantas cenas de ação e perseguição que foi impossível largar a leitura sem desejar saber um pouco mais do enredo, torcer para que os personagens saíssem vivos e descobrissem o assassino do pai da Vittoria, bem como impedissem que um desastre destruísse a Cidade do Vaticano.

Eu adorei a leitura e fiquei totalmente imersa com a história. Foi como se eu estivesse em uma aula, com professores super engajados em fazer com que seus alunos entendessem a matéria dada.

Amei!!!


Um pouco sobre o autor: Dan Brown é um escritor americano. Durante seu primeiro ano na Universidade foi à Europa para estudar História da Arte na Universidade de Sevilha, Espanha, onde começou a estudar seriamente os trabalhos de Leonardo da Vinci que mais tarde teriam importância crucial em um de seus romances. Alguns de seus livros publicados no Brasil:
    • Fortaleza Digital 
    • Anjos e demônios 
    • Ponto de Impacto 
    • Código da Vinci 
    • Símbolo Perdido 
    • Origem
    • Inferno

6 comentários:

  1. Oii!

    Eu já vi o filme há muitos anos atras, mas nunca tive curiosidade com o livro, pois sei que não é meu estilo e eu não iria conseguir seguir com a leitura de maneira proveitosa. Mas gostei da sua resenha e de saber que foi uma leitura boa!


    Beijinhos,
    Ani
    www.entrechocolatesemusicas.com.br

    ResponderExcluir
  2. Ainda não li nada do autor, mas já vi o filme e percebi essas questões das tradições cristãs. Não sei se é um livro que eu leria, mas confesso que fiquei instigada por você falar que ele apresenta cenas de ação. Espero dar uma chance à escrita do Dan.

    ResponderExcluir
  3. Eu amo demais esse livro! É um dos meus favoritos do autor. Por isso acho que a adaptação não faz muito jus à história.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  4. Oi, Ivi!
    Apesar do Dan Brown ser amado por muitos, eu nunca li nada dele e tenho zero vontade de ler. Eu até acho as tramas bem interessantes, com sociedades secretas e tudo o mais, porém, nada nas histórias me chamam a atenção.
    Ótima resenha como sempre.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com/2020/07/resenha-as-boas-mulheres-da-china-um.html

    ResponderExcluir
  5. À atenção da Sra. Maria José Alcaide Ponce nascida em Carmona em 25 de novembro de 1971, nacionalidade Espanha. Aos 49 anos, ela perdeu o marido em um acidente de carro. Desde o acidente, ela tem memórias terríveis durante esse período, que criou um tumor maligno (câncer na garganta). Ela teve que viajar a vida toda. Três semanas depois de sua última análise no hospital, o médico anunciou que aqueles dias estavam contados e que ela não viveria o suficiente. Por amor às crianças, ela quer deixar parte de sua herança para fazer uma doação para ajudar crianças carentes. Por esta doação você receberá uma quantia de 500.000 euros por transferência bancária. Ela queria que esse dinheiro fosse usado para abrir uma pequena fundação para crianças sem-teto e famintas. Se você tem a generosidade de querer ajudar crianças entre em contato comigo para saber o procedimento a seguir para receber esta doação.
    Obrigado.
    Notário
    Mestre notário Gérard Noël Roger Dejede
    Corbeil-Essonnes, 91100, França
    E-mail: gerard.nroger@gmail.com

    ResponderExcluir
  6. Eu AMO Dan Brown! Esse livro é muito bom!
    Depois dessa resenha eu até fiquei com vontade de reler.
    O meu favorito é Fortaleza Digital!
    Amei relembrar essa história aqui nessa sua resenha! Obrigado!

    Beijinhos

    ResponderExcluir