13.1.20

LIVROS QUE LI ANTES DO BLOG - parte 1


Oi gente que ama livros, hoje quero compartilhar com vocês algumas indicações de livros que eu adoro, mas que não possuem resenha aqui porque eu os li antes do blog nascer. Penso em fazer uma releitura deles, mas por hoje quero apenas indicá-los porque marcaram a minha vida como leitora e adoro essas histórias.

As Memórias do Livro (Geraldine Brooks)

Sinopse: Na Bósnia arrasada por anos de guerra civil, um raro manuscrito judeu medieval reaparece. É a lendária Hagadá de Saravejo, um volume único, que contrariava as restrições judaicas da época em relação às ilustrações. Um livro com uma história cercada de enigmas. Como esse manuscrito foi feito, apesar das restrições rabínicas? E como sobreviveu a séculos de anti-semitismo na Europa? Para desvendar esses mistérios, Geraldine Brooks apresenta aos leitores Hanna Heath, a restauradora australiana para analisar e recuperar o manuscrito.

Minha impressão: O livro se divide em alguns momentos narrativos: temos Hanna lidando com o manuscrito e descobrindo sua trajetória no decorrer dos anos e temos cada núcleo citado no manuscrito com suas histórias e peculiaridades individuais. É um livro extremamente original, intenso e muito bem escrito.



A Menina que Roubava Livros (Markus Zusak)

Sinopse: Ao perceber que a pequena Liesel Meminger, uma ladra de livros lhe escapa, a Morte afeiçoa-se à menina e rastreia suas pegadas de 1939 a 1943. A mãe comunista, perseguida pelo nazismo, envia Liesel e o irmão para o subúrbio pobre de uma cidade alemã, onde um casal se dispõe a adotá-los por dinheiro. O garoto morre no trajeto e é enterrado por um coveiro que deixa cair um livro na neve. É o primeiro de uma série que a menina vai surrupiar ao longo dos anos. O único vínculo com a família é esta obra, que ela ainda não sabe ler. Assombrada por pesadelos, ela compensa o medo e a solidão das noites com a conivência do pai adotivo, um pintor de parede bonachão que lhe dá lições de leitura. Alfabetizada sob vistas grossas da madrasta, Liesel canaliza urgências para a literatura. Em tempos de livros incendiados, ela os furta ou os lê na biblioteca do prefeito da cidade. A vida ao redor é a pseudo-realidade criada em torno do culto a Hitler na Segunda Guerra. Ela assiste à eufórica celebração do aniversário do Führer pela vizinhança. Teme a dona da loja da esquina, colaboradora do Terceiro Reich. Faz amizade com um garoto obrigado a integrar a Juventude Hitlerista e ajuda o pai a esconder no porão um judeu que escreve livros artesanais para contar a sua parte naquela História.

Minha Impressão: Além da narrativa ser incrivelmente forte porque afinal é a morte quem está nos contando esta história, temos um panorama diferenciado da segunda guerra mundial. Uma família alemã pobre passando pela maior vergonha que a humanidade já teve.

Coração de Tinta (Cornelia Funke)

Sinopse: Há muito tempo Mo decidiu nunca mais ler um livro em voz alta. Sua filha Meggie é uma devoradora de histórias, mas apesar da insistência não consegue fazer com que o pai leia para ela na cama. Meggie jamais entendeu o motivo dessa recusa, até que um excêntrico visitante noturno finalmente vem revelar o segredo que explica a proibição. É que Mo tem uma habilidade estranha e incontrolável: quando lê um texto em voz alta, as palavras tomam vida em sua boca e coisas e seres da história surgem como que por mágica. Numa noite fatídica quando Meggie ainda era um bebê, a língua encantada de Mo trouxe à vida alguns personagens de um livro chamado "Coração De Tinta". Um deles é Capricórnio, vilão cruel e sem misericórdia, que não fez questão de voltar para dentro da história de onde tinha vindo e preferiu instalar-se numa aldeia abandonada. Desse lugar funesto, comanda uma gangue de brutamontes que espalham o terror pela região, praticando roubos e assassinatos. Capricórnio quer usar os poderes de Mo para trazer de "Coração De Tinta" um ser ainda mais terrível e sanguinário que ele próprio. Quando seus capangas finalmente sequestram Mo, Meggie terá de enfrentar essas criaturas bizarras e sofridas, vindas de um mundo completamente diferente do seu.

Minha impressão: Este é o primeiro livro de uma trilogia, porém, a trama deste livro é concluída neste volume, não deixando pontas soltas. Temos um enredo lindo, poético e extremamente original.

O Mundo de Sofia (Jostein Gaarder)

Sinopse: Às vésperas de seu aniversário de quinze anos, Sofia Amundsen começa a receber bilhetes e cartões postais bastante estranhos. Os bilhetes são anônimos e perguntam a Sofia quem é ela e de onde vem o mundo em que vivemos. Os postais foram mandados do Líbano, por um major desconhecido, para uma tal de Hilde Knag, jovem que Sofia igualmente desconhece. O mistério dos bilhetes e dos postais é o ponto de partida deste fascinante romance, que vem conquistando milhões de leitores em todos os países em que foi lançado. De capítulo em capítulo, de “lição” em “lição”, o leitor é convidado a trilhar toda a história da filosofia ocidental – dos pré-socráticos aos pós-modernos - , ao mesmo tempo em que se vê envolvido por um intrigante thriller que toma um rumo surpreendente.

Minha Impressão: Apesar de ter lido este livro há mais de 20 anos, ainda lembro da forma como me envolvi na leitura e do quanto o livro foi importante para mim. Maravilhoso.

Zona Morta (Stephen King)

Sinopse: Depois de quatro anos e meio, John Smith acorda de um coma causado por um acidente de carro. Junto com a consciência, o que John traz do limbo onde esteve são poderes inexplicáveis. O passado, o presente, o futuro – nada está fora de alcance. O resto do mundo parece considerar seus poderes um dom, mas John está cada vez mais convencido de que é uma maldição. Basta um toque e ele vê mais sobre as pessoas do que jamais desejou. Ele não pediu por isso e, no entanto, não pode se livrar das visões. Então o que fazer quando, ao apertar a mão de um político em início de carreira, John prevê o que parece ser o fim do mundo?

Minha impressão: Esse foi o segundo livro do King que eu li e fiquei impressionada com a forma como ele desenvolveu os personagens e o plote central da trama. Só por mencioná-lo já me deu uma vontade enorme de ler o livro novamente.

Essas são algumas das indicações que deixo para vocês e espero que tenham gostado. Vasculharei a minha estante e em breve, trago mais indicações de livros que apesar de não terem resenha aqui no blog, carrego com muito carinho no meu coração.

Beijos

17 comentários:

  1. Olá, tudo bem? Que indicações mais bacanas! Tenho muita vontade de ler A menina que roubava livros, mas ainda não consegui. Adorei o post!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  2. Olá...
    Também li vários livros antes da criação do meu blog e também penso em fazer releituras no futuro! Dos livros que vc mencionou o único que li foi o clássico A MENINA QUE ROUBAVA LIVROS, que por sinal ameeeei demais!
    Tenho AS MEMÓRIAS DO LIVRO aqui mofando em minha estante e, agora, acho que vou dar uma chance pra ele!
    Bjão

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Olá...
    Também li vários livros antes da criação do meu blog e também penso em fazer releituras no futuro! Dos livros que vc mencionou o único que li foi o clássico A MENINA QUE ROUBAVA LIVROS, que por sinal ameeeei demais!
    Tenho AS MEMÓRIAS DO LIVRO aqui mofando em minha estante e, agora, acho que vou dar uma chance pra ele!
    Bjão

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá, Ivi!

    Eu gostei da sua listinha, pois conta com belos livros e ainda está em tempo de você resenhar eles para o seu blog. Eu gosto muito dos livros "A Zona Morta" e "A Menina que roubava livros".
    Abraço!

    ResponderExcluir
  5. Olá

    Li quase todos tirando o primeiro que não me lembro de conhecê-lo, mas a sinopse elucida uma história bem tocante e de grandes metamorfoses nos personagens.
    Eu também indico muitos livros que li, mas não resenhei.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi Ivi! Eu sou blogueira a tanto tempo (em diferentes blogs) que já esqueci quais livros que li antes disso. Tem HP, claro, A Batalha do Apocalipse Sussurro e Fallen, mas acredito que hajam muitos outros. Amei o post, bem diferente de tudo que já vi pela blogosfera.

    ResponderExcluir
  7. Oi Ivi!

    Achei esse "quadro" muito interessante. Gostei bastante e inclusive alguns livros listados por você eu já li antes do blog e nunca resenhei. Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Nossa, eu li esse As Memórias do Livro e na época gostei bastante.
    Ai A Menina que Roubava Livros.. amo demais uma história
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do sorteio Rumo aos 4K no instagram

    ResponderExcluir
  9. Oi, Ivi!
    Achei sua ideia muito boa.
    Da sua lista, o único que não tenho é Zona Morta! Todos os outros eu tenho, mas só li "A menina que roubava livros" e "O mundo de Sofia", e gostei demais das leituras, e lendo sua resenha fiquei tentada a fazer a leitura novamente do livro de Jostein Gardier, pois, assim como você, já se passaram muitos anos desde que o li!!
    "Memórias do livro" faz um século que está parado pegando pó na estante, quem sabe crio coragem agora e coloco ele na pilha desse ano. Veremos...
    Parabéns pela resenha e pela ideia!
    Abraço,

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com/2020/01/e-2020-chegou.html

    ResponderExcluir
  10. Oi. Me identifiquei com a postagem, também li O mundo de Sofia e A Menina que roubava livros e não fiz resenha no blog, de modo que este ano vou reler alguns para resenhar porque fiquei muito presa aos livros de parcerias, acho que fui me perdendo um pouco.

    ResponderExcluir
  11. Eu adorei a ideia do post, porque eu tenho muitos livros que li antes de ser colaboradora do blog, e que por isso não postei resenha mais que queria muito indicar para os leitores. Dos livros citados tenho Zona Morta que ainda não li pois tenho muito receio de não gostar, já que se trata de um gênero que não tenho costume de ler.

    ResponderExcluir
  12. Oi Ivi!
    Li dois desses livros que você postou Coração de tinta e As memórias do Livro, faz muito anos mas foram leituras fantásticas, tenho mais de duzentas leituras antes de começar no blog achei sua ideia muito interessante, vou ter que fazer vários post para colocar todos os livros kkk. Parabéns pelo post e pela suas leituras, bjs!

    ResponderExcluir
  13. Olá Ivi!

    Eu sofro muito com o mal do "li antes do blog" e nunca parei para pensar em um post nesse formato, muito legal. Eu sou doida para ler Coração de tinta, mas até agora o momento não chegou, mas não perco as esperanças. A menina que roubava livros é um livro que me agradou muito, os outros ainda não li ou não tinha conhecimento. Adorei o post.

    Beijos
    leitura-terapia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Olá Ivi, tudo bom?
    Também li A menina que roubava livros antes do meu blog nascer e é um livro do qual sempre me lembro. A narrativa é de fato muito forte e ver a forma como o autor abordou a segunda guerra é ímpar!
    Tenho coração de tinta parado na estante! Deu vontade de ler! rs
    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Quantas leituras fantásticas que realizou. Eu desejo ler Zona Morta do SK, pois sempre tive curiosidade para saber desse enredo, pois assisti a série que passava na Sky. Desejo fazer essa leitura esse ano.

    ResponderExcluir
  16. Oii, tudo bem?
    Dos livros que você citou acima o único que eu cheguei a ler foi o A Menina Que Roubava Livros, o resto eu conheço só por indicação, mas tenho muita vontade de ler a coleção do Coração de Tinta e também O Mundo de Sofia.

    ResponderExcluir
  17. Olá Ivi!!!
    Eu cheguei a ler também antes de ter o Ler "A Menina que Roubava Livros" e "O Mundo de Sofia" acho que foi tudo na mesma época, mas lembro que foram livres marcantes e fico feliz que alguém compartilhe dessa mesma experiência que eu. Quero muito ler "Coração de Tinta", mas estou priorizando outras leituras.

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir