19

A Garota que Perseguiu a Lua (Sarah Addison Allen)

Ficha Técnica:
Nome Original: The Girl Who Chased the Moon
Autora:  Sarah Addison Allen
País de Origem: Estados Unidos
Tradução: Alice Klesck
Número de Páginas: 243
Ano de Lançamento: 2012
ISBN: 9788516657989
Editora: Planeta do Brasil

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 11º livro lido em 2017 e foi A Garota que Perseguiu a Lua (Sarah Addison Allen). Desde 2013 eu tinha curiosidade em conhecer a história deste livro, uma vez que a sua capa é uma das mais lindas que já vi na vida, mas nunca dei prioridade. Até que decidi ler agora.

O livro nos traz duas personagens. A Emily, que após perder a mãe, volta para a cidade em que a mãe nasceu e cresceu, para viver com o seu avô. A mãe de Emily, a Dulcie, era uma mulher engajada em grandes causas. Politizada e ativista em frentes muito importantes, porém, quando jovem, antes de Emily existir, ela fora uma garota mimada, egoísta e que praticou o bullyng com os impopulares. 

A outra personagem importante na trama é a Julia. Julia é uma mulher independente, um pouco amarga talvez, mas que decidiu seguir sua vida com dignidade, após ter o seu coração despedaçado aos 16 anos pelo menino mais lindo e popular da cidade. Julia também foi no passado, uma das vítimas de Dulcie, porém, quando Emily chega a cidadezinha de Mullaby para viver com o avô, Julia é uma das primeiras pessoas que a acolhe.
“Viver seu próprio passado já era bem difícil. Não se deveria viver o passado de outra pessoa.” página 14
O livro então vai se desenvolver em Emily descobrir o passado não muito digno da mãe, enquanto se aproxima de Win, um garoto diferente, oriundo de uma família com algumas tradições estranhas para a cidade. E a história de Julia também se desembaraça nas páginas do livro enquanto ela foge de Sawyer, o homem que quando adolescente, a rejeitou.
“— Você quer uma noite, eu vou lhe dar — ele disse, enquanto a pegava no colo e carregava até o sofá. — Mas será uma noite e tanto.” página 172
As duas histórias dentro da narrativa são bem independentes e a fluidez do enredo foi tão viciante para mim que eu li o livro em dois dias apenas. Página por página, eu torcia para que Emily fosse aceita pela cidade que odiava a sua mãe. Porém, essa mãe odiada, era uma mulher incrível para Emily e temos que entender essa dicotomia de sentimentos. A história de Julia é um pouco mais consistente e interessante e é impossível não desejar que ela esqueça as mágoas do passado em relação ao único amor da sua vida.

Além disso, temos um toque de magia costurando alguns acontecimentos do livro e isso foi uma agradável surpresa para mim, porque apesar de não gostar de nada muito sobrenatural, a sutileza deste tempero mágico, foi muito bem inserida na trama, nos deixando curiosos para entender o que era aquilo tudo.

Preciso destacar a figura do avô de Emily. Vance é um homem que sofreu a perda da esposa que ele tanto amava e que o aceitou e amou como ele era. Vance é uma espécie de gigante, tem mais de dois metros de altura, mas foi muito amado pela mulher. Ele nunca conviveu com Emily, mas se esforça o máximo que pode para deixá-la confortável em sua casa, mesmo sabendo que a cidade a hostilizará. Esse personagem foi desenvolvido de uma maneira que senti carinho por ele desde a primeira cena e amei a forma como a história dele é concluída dentro do enredo.

Eu adorei a história, achei extremamente original e bem escrita, ainda que eu quisesse que algumas partes fossem mais trabalhadas ou aprofundadas, o livro me agradou bastante e ao terminar a história, meu coração estava quentinho com o modo como a autora a encerrou.
“A pessoa de quem você fica com raiva, raramente se arrepende. Agora, ficar com raiva de si mesmo tem algum mérito. Isso demonstra algum senso de punição à única pessoa que poderia ter alguma esperança em se beneficiar por isso.” página 226
Recomendo para quem gosta de romance, com uma pequena carga dramática e um toque discreto de realismo mágico. O livro traz uma abordagem suave sobre aceitação e superação e, perceber isso enquanto os personagens amadureciam, foi delicioso.

Eu amei.


Um pouco sobre a autora: Autora best-seller do New York Times, seus romances misturam a sua criação no Sul dos Estados Unidos com a magia de contos de fadas e uma pitada de romance. Ela nasceu e foi criada em Asheville, na Carolina do Norte. Seus livos publicados no Brasil são: 
  • A Garota que Perseguiu a Lua
  • O Pessegueiro
  • Encantos do Jardim
Comentários
19 Comentários

19 comentários:

  1. Olá! A autora me pareceu muito original entrelaçando todas essas histórias... bem, embora tenha dramaticidade, é tudo, eu não gosto dos toques de magia.. ... ou é magia ou é romance real.... sei lá.... não leria neste momento. A capa é maravilhosa! Que bom que vc gostou! Beijo

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Eu nao conhecia esse titulo, mas fiquei bem interessada depois de ler seus comentários e a premissa parece ser ótima, especialmente pelos elementos conectados. Achei a capa bem bonita e fiquei bem curiosa quanto ao desenvolvimento, seja pela parte da ambientação quanto personagens, entre outras características. Espero poder ler em breve, e obrigada pela indicação!
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, Ivi!
    Já ouvi fala coisas boas da escrita da Sarah, mas ela é bem pouco conhecida, né?
    Adorei sua resenha. O livro parece ter uma sutileza tão bela. Ainda fiquei curiosa para saber sobre esse toque de magia que tem no livro.
    Obrigada pela dica!
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  4. Gostei da resenha,a história me pareceu um tanto dramática,e o personagem que mais me chamou a atenção foi o avô da protagonista.

    ResponderExcluir
  5. Oie! Tudo bem?

    Parece ser um livro realmente muito bom, fiquei curiosa para conhecer a história dele, mas preciso dizer que achei essa capa estranha .-. Mas de qualquer forma irei adicionar ele na minha lista, ainda mais por ser um romance, misturado com drama e um pingo de fantasia, já me conquistou de cara!

    Bjss

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?
    Gostei muito da sua resenha. Não conhecia o livro e nem a autora, mas me encantei pelo enredo. Parece ser uma história muito cativante e adorei o fato de ter um toque de magia. Acho que deve deixar o livro ainda mais encantador.
    Com certeza vou anotar a dica!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oi Ivi!

    Tudo bem? Tem alguns anos que tenho esse livro na minha estante (sério: uma das capas mais lindas!) e ainda não li! É bom saber que o enredo é bem original, tenho sentido falta disso nos livros ultimamente parece ser muito do mesmo, sabe? Adoro romance (e quanto mais dramático melhor!) então vou aceitar a sua dica e essa vai ser uma das minhas próximas leituras!

    Beijinhos
    Jessie
    www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem? Confesso que quando você falou sobre um toque mágico, fiquei receosa, porque também não gosto de tons sobrenaturais nas histórias, mas fico feliz que isso não tenha te atrapalhado, pelo contrário.
    Achei interessante o fato de uma das personagens ter que lidar com a cidade que odeia sua mãe, mas, fora isso, não me vi muito interessada.


    ourbravenewblog.weebly.com
    Participe do nosso TOP COMENTARISTA valendo um livro JANTAR SECRETO, do autor Raphael Montes :)

    ResponderExcluir
  9. Olá!! :)

    Eu não conhecia este livro, ainda bem que gostaste tanta da leitura! :) gostei de saber do que trata...

    Bem, e ótimo que marque tanto, e seja tao original e bem escrita, assim como um pouco dramático!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Moça, você já leu 11 livros esse ano? Jesus, eu estou bem fraca mesmo haha preciso aproveitar o feriado e colocar a leitura em dia.
    Eu ainda não conhecia o livro, mas a premissa despertou meu interesse. E essa capa, gente, está muuuito linda.
    Pra falar a verdade, nunca li nenhum livro com um tema assim, da filha sendo julgada pelos erros dos pais. É bem difícil de encontrar e muitas vezes o tema não é bem trabalhado. Fico feliz que você tenha gostado da leitura, parece ser mesmo muito boa.
    Sua resenha ficou ótima e eu anotei para ler esse ano.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Oi.

    Ainda não conhecia este livro da editora e já me interessei por ele. Adoro romances, é meu gênero preferido e tenho certeza que quando tiver a chance de ler este livro, vou gostar muito da narrativa. Vou procurar ele no Skoob e adicionar a minha estante.

    ResponderExcluir
  12. Oii, tudo bem?
    Ainda não li nenhum livro dessa autora, mas ouço muita gente falando muito bem. Eu gostei bastante da premissa dele na resenha e se eu tiver a oportunidade certamente lerei.
    Amei o post, parabéns.
    Abraços Mary

    ResponderExcluir
  13. Oie, ainda não conhecia a obra mas pela sua resenha tenho certeza que irei gostar, me parece uma leitura gostosa porém com uma mensagem por trás de todo drama!

    Beijos jany

    www.leituraentreamigas.com.br

    ResponderExcluir
  14. Esse livro já está na minha listinha de compras, li coisas muito boas a respeito dele para deixá-lo de fora em algum momento.

    Embora agora eu já esteja em duvída, pois pelo que entendi do livro, não é muito meu gênero... Mas gostei do avô gigante, deve ser muito dvertido! Fiquei curiosa a respeito do toque sobrenatural. Mas realmente não sei mais se quero ler!

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  15. Oiee Ivi ^^
    Lembro que também gostei do livro quando o li, mas não completamente. Tinha sido em e-book, então achei a narrativa um pouco cansativa, e, como você disse, algumas coisas poderiam ter sido melhor desenvolvidas. De qualquer forma, é uma história legal :)
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Nunca tinha ouvido falar no livro, mas acho que só a capa já me prenderia hahaha adoro essas histórias em que a personagem volta para a cidade e faz novas descobertas, fiquei bem curiosa com os toques de magia também, achei tudo bem original. Obrigada pela dica!
    Beijos,

    Luana

    ResponderExcluir
  17. Amo suas resenhas, são sempre tão claras! Não conhecia o livro mas fiquei fascinada, não só pela capa mas pela carga emocional, com toda a certeza está na minha lista de próximas leituras, que maravilha de ler!

    ResponderExcluir
  18. Oie, tudo bem?? Eu não conhecia a autora nem o livro mas achei a história bem bacana. A capa é uma lindeza só e achei interessante essa questão da mudança da mãe da Emily (mesmo ela n sendo mais viva na história), é muito comum nos depararmos com uma pessoa totalmente diferente do que foi no passado, as pessoas realmente podem mudar. Com relação a magia, se você diz que funcionou com um tempero a mais, ja chama a minha atenção, eu curto umas coisas meiio sobrenaturais kkkkk Bjossss

    porredelivros.com

    ResponderExcluir
  19. Olá tudo bem?
    Gostei bastante do que a autora fez entrelaçando pequenos aspectos e montando um quadro totalmente diferente do que conhecemos. Gosto de romance e de livros com magia como temática, mas nunca li nenhum que misturasse os dois (o romance era quase imperceptível) e gostei bastante dessa idéia. A parte do drama também me chamou a atenção.
    Além disso, sua resenha está impecável, então fica difícil dizer não. Já anotei a dica aqui.
    Bjs, Mila

    http://esquadrao-literario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014