27

Não Quero Ser Lembrado (Lucas Rezende)

Ficha Técnica:
Nome Original: Não Quero Ser Lembrado
Autora: Lucas Rezende
País de Origem: Brasil
Número de Páginas: 192
Ano de Lançamento: 2016
ISBN-13: 9788567191218
Editora: Empíreo
SKOOB
Compre AQUI

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 83º livro lido em 2016 e foi Não Quero Ser Lembrado (Lucas Rezende). Este livro chegou para mim através da parceria com a Editora Empíreo e assim como todos os livros publicados pela editora, eu parei tudo para ler.

O livro nos traz o Bernardo, um homem que teve uma infância estranha e a sua vida adulta, é mediana, sem graça, beirando a mediocridade. O livro é aberto com a morte da esposa de Bernardo e após isso, ele vai se apresentando para o leitor e trazendo este mesmo leitor para dentro da sua cabeça.


Nesta viagem pela mente de Bernardo, descobrimos uma criança negligenciada, não fisicamente, mas emocionalmente abandonado pela circunstâncias, que encontra em pequenas crueldades, um sentido pra sua existência. Essa criança cresce e se torna um jovem vazio, com dificuldades em socializar, mas, ainda assim, se apaixona por uma moça que conhece dentro de uma locadora de vídeos, um dos poucos lugares que Bernardo se sente confortável.


O livro se desenvolve em nos mostrar como Bernardo chegou ao ponto que chegou e esse caminho não tem como objetivo, justificar a atitude inicial do livro, mas mostrar que a sua mente foi se deteriorando conforme o pedido de ajuda, se calava dia a pós dia dentro de si.

Este é um daqueles livros que fica difícil comentar, sem revelar as nuances que fazem da leitura algo emocionante, visceral, inesquecível. Com uma narrativa viciante, o autor nos prende do início ao fim, com uma maturidade que nos faz questionar se este livro é de fato o seu trabalho de estreia. A narrativa é tão consistente e sem furos, que a cada página virada, eu me sentia mais próxima do protagonista e mais infeliz por perceber seu passo a passo rumo ao declínio.


Ouso dizer que se trata aqui de um livro perfeito. Sério, violento, em algumas partes, indigesto, mas se existe uma palavra que pode descrevê-lo com propriedade, é impecável. Tem uma escrita simples e fluida e ao mesmo tempo, tensa e frenética.

O livro me fez pensar nos mistérios da mente humana  na forma irresponsável que achamos que temos domínio sobre nós mesmos. O livro fala de um ser humano que poderia ser eu e você, com uma carga emocional, mal administrada e resolvida. O livro traz amor, paixão e ao mesmo tempo, traz um desapego para consigo mesmo, que é impossível não refletir e observar a sua própria vida.


Uma leitura perfeita. Não para qualquer leitor, mas indico sem medo de errar, pra quem gosta de um livro psicológico, que desnuda os sentimentos de um homem e nos apresenta a realidade sem maquiagem.

Eu gostei demais!!!


Um pouco sobre o autor: Lucas Rezende nasceu em Belém - PA, em 1990. Ainda criança, descobriu o prazer da escrita. A principio eram apenas histórias simples, mas não demorou muito para que os textos se tornassem contos mais complexos e despertassem o autor para novos desafios. Inspirado em ídolos como Stephen King, George R. R. Martin e Luis Fernando Veríssimo, em 2013, ele começou a rascunhar o que hoje, é o seu primeiro livro publicado.
Comentários
27 Comentários

27 comentários:

  1. Olá Ivi
    Eu não conhecia esse título, mas achei a premissa interessante, especialmente diante de suas palavaras que me deixaram bem motivadas, sobre ser um livro considerado impecável, por conta dos elementos retratados. Os elementos me atrairam bastante e com certeza anotei a dica, para poder fazer a leitura também.
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, Ivi

    Não conhecia o livro, mas já me interessei pela obra. Gosto de histórias mais realistas É um livro bem enxuto o que, imagino eu, deve entregar uma história bem direto ao ponto, sem rodeios.
    Livros que tratam da mente humana e suas particularidades sempre são ótimas leituras para mim.
    Gostei bastante de conhecer o livro, a diagramação parece estar maravilhosa.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Achei esse livro bastante curioso, principalmente com você comentando sobre os mistérios da mente humana. Amo assuntos psicológicos em livros e acho que me arriscaria a ler algo sobre um desenvolvimento de um personagem com uma infância estranha. A diagramação está bem legal e a capa linda.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Fiquei bastante curiosa com a história. Pelo que parece, "Não quero ser lembrado" é um livro que mexe com a nossa cabeça, algo meio psicológico, estou certa? Eu gosto de livros assim, mas nunca tinha ouvido falar deste. Com certeza é uma história para ser adicionada a minha lista de desejados!
    Beijos,
    Nay

    http://travelingbetweenpages.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá...
    Depois de ler uma resenha como essa fica impossível não desejar a leitura! Fiquei chocada ao ver você relacionar palavras como "perfeito" e "impecável" para descrever sua experiência de leitura... Com certeza deve ser realmente uma ótima leitura!
    Gosto bastante de livros que nos faz pensar sobre a mente humana, então, creio que será uma leitura fascinante pra mim também.
    Dica anotada!
    Beijos

    Diane - blog COISAS DE DIANE

    ResponderExcluir
  6. Olá,

    Não tenho costume de ler livros com essa temática, mas confesso que sua resenha fez com que a obra parecesse bastante atrativa. É ótimo quando a escrita do autor consegue ser fluída e frenética ao mesmo tempo. Gosto de livros que nos fazem pensar e esse parece ter uma boa pegada. Adorei a resenha!
    http://www.virandoamor.com/

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Interessante essa proposta de navegar pela mente do personagem, adoro quando isso acontece e poder identificar possíveis traumas, deixa tudo muito intenso.
    O livro me interessou e já deixei a dica anotada.
    Preciso parabenizar também pela quantidade de livros lidos, 83 ? Caracas.
    Beijos
    www.estilogisele.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi Ivi, primeira vez que vejo esse livro. Achei o nome bem enigmático e sua resenha fez minha vontade de ler aumentar. Espero gostar desse livro.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  9. Que alegria ver um livro brasileiro tão bom. Confesso que os últimos nacionais que eu li eu me decepcionei. Acho que estou procurando no lugar ou nos gêneros errados. Amei sua resenha e que você colocou em baixo um pouquinho sobre o autor. Ps: a diagramação parece estar linda.

    ResponderExcluir
  10. Ivi!
    Por ter formação em psicologia, livros que abordam o aspecto psicológico das personagens sempre me atraem porque gosto de ver a forma que o autor desenvolve o desequilíbrio (ou não...) e como a trama é desenvolvida.
    “Saber quando se deve esperar é o grande segredo do sucesso.” (Xavier Maistre)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de NOVEMBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  11. Oi Ivi, tudo bem?
    Menina achei a premissa desse livro bem interessante e já fuauei com vontade de conhecer mais da cabeça desse protagonista que pelo que li da sua resenha deve ser bem complexo. Além que aborda um tema bem interessante sobre a humanidade pois eu acredito que tudo que vivemos desde a mais tenra infância serve para moldar quem somos no futuro.
    Dica anotada.
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Olá Ivi.
    A premissa desse livro e realmente maravilhosa instiga muito a curiodade do leitor.Vendo você tecer elogios a esse livro fica até difícil nao querer ler. O livro me chamou muita atenção por ser um enredo próximo a Moss realidade .A leitura parece ser bem fluida até por que é um livro curto.Pretendo em breve poder ler esse livro e gostar tanto quanto você gostou.Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Oi Ivi
    Não quero ser lembrado é a minha leitura atual e apesar de estar bem no começo, estou completamente envolvida.
    Gostei muito do estilo do livro e já deu para perceber alguns pontos que você tratou aqui. Acho que Bernardo vai ser um daqueles personagens complexos demais.
    Mas espero gostar da leitura assim como você.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  14. Oi Ivi, tudo bem?
    Adoro livros que abordam questões psicológicas do ser humano e por isso já fiquei interessada de cara ao ler a sua resenha. O fato da leitura ser bastante envolvente é um ponto positivo a mais, já que proporciona uma leitura muito mais prazerosa. Estou bem curiosa para conhecer e adentrar a mente desse personagem principal, adorei a sua resenha e já coloquei o livro na minha lista de próximas leituras.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  15. Nossa, eu ainda não conhecia o o livro e apesar de parecer ser uma leitura muito forte e pesada eu fiquei muito intrigada, fiquei interessada em poder descobrir mais. Achei a capa diferente e parece ser perfeita para a trama.

    ResponderExcluir
  16. Assim como a maioria aqui eu também não conhecia o livro, mas já me interessei pela obra, pelo fato de se tratar de uma leitura nacional eu já dou um grande crédito. Gosto de histórias mais realistas que retratem bem o que acontece as vezes do nosso lado e nem sabemos. Adoro livros que abordam processos mentais complexos e dolorosos!

    ResponderExcluir
  17. Olá Ivi,
    Que livro mais intenso, hein?
    Adorei conhecer sua opinião e achei muito interessante a premissa do livro. Crianças negligenciadas emocionalmente é algo que estamos encontrando muito atualmente.
    Saber que o livro é forte e visceral fez meu coração dar um pulinho pela necessidade de ler.
    Não tenho dúvidas que a leitura será perfeita para mim, como foi para você.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Olá Ivi!
    O livro trabalha bem o psicológico do ser humano. Mostra como uma infância conturbada pode criar um homem sem ação ou até mesmo violento. A leitura deve ser emocionante e envolvente.
    Adorei a sua resenha.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  19. Oiee Ivi ^^
    Eu ainda não conhecia este livro, e, por mais que goste de histórias onde os personagens são um pouco sofridos, não é o meu tipo de livro. Apesar de que eu fiquei um pouco curiosa...haha' saber que o autor soube desenvolver a história de forma que o autor fica preso à ela, reflexiva e inesquecível.
    MilkMilks ♥
    Milkshake de Palavras

    ResponderExcluir
  20. Ainda não conhecia o livro, este foi o meu primeiro contato com a história. Estou totalmente sem palavras.
    Gostei bastante da premissa do livro. O enredo parece ser dos melhores, muito bem desenvolvido.
    Estou muito curiosa em relação a essa história. Amo livros como esse, onde descobrimos o quanto o passado de alguém pode interferir no seu presente e futuro.
    Mal posso esperar para ler.
    Bjs, Mila

    http://a-viagem-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Livros violentos e indigestos não chamam nem um pouco a minha atenção. Prefiro histórias mais leves e que de preferência me permitam me afastar da realidade, isso de desnudar os sentimentos de um homem e apresentar a realidade sem maquiagem não é pra mim.

    ResponderExcluir
  22. nunca havia visto esse livro e também não conhecia o autor, mas adorei o plot, achei super interessante. E talvez por você não poder revelar muito, fiquei bem intrigada. Sou professora, e sempre que vejo um livro com esse tipo de tema, anoto. Além de poder ser uma leitura prazerosa, ainda posso aprender algo que possa ajudar meus alunos de alguma maneira.

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
  23. Não sei se teria coragem de ler esse livro, adora a temática mas quando me identifico com algo no aspecto psicologico, sinto medo, ver meus medos tratados e expostos na leitura me deixa frágil, mas acho de uma coragem sem fim quando o autor se dispoe a falar sobre esses temas. Essa capa me lembrou muito Destrua este diário.

    ResponderExcluir
  24. Oie
    Tudo bem?
    Então eu gosto de livros do gênero lendo sua resenha não pude perceber o que esse personagem faz o que é uma coisa boa já que não gosto de spoilers. Livros que nos dão essa perspectiva diferente que nos fazem ter outra visão dos personagens são os que mais gosto afinal entender a mente humana é uma coisa impossível e por mais que a gente sempre julgue por trás de cada atitude existe uma historia.
    Adorei sua resenha.
    Bju
    Mary Reis

    ResponderExcluir
  25. Oi Ivi, tudo bem?
    Eu não conhecia esse livro e devo dizer que chamou bastante minha atenção, eu curto muito livros que mexem com o psicológico e esse parece trazer uma proposta muito bacana. Gostei da sua resenha e de tudo que ela me fez refletir, com certeza irei atras do livro!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  26. Oi!
    Fiquei muito interessada no livro, sou bem curiosa com a mente humana e conhecer como traumas da infância pode afetar na vida adulta vai ser bem interessante para mim, só pela resenha já sei que vou me apegar muito ao Bernardo e já tô torcendo por ele, espero que tudo dê certo em seu romance. Sua resenha está ótima, parabéns.
    Beijos Lendo Com Ela

    ResponderExcluir
  27. Oi!
    Ainda não conhecia esse livro e achei bem interessante como a historia e contada, principalmente por já sabemos o destino do personagem, tornando esse um livro bem interessante por podemos acompanhar o que o fez chegar a esse final e com certeza parece o tipo de livro que nos faz refletir ao longo da leitura !!

    ResponderExcluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014