7

O Príncipe das Sombras / A Transformação de Raven (Sylvain Reynard)

FICHA TÉCNICA
Nome original: The prince          
Autor: Sylvain Reynard
Tradução: Fernanda Abreu
País de origem: Canadá
Número de páginas: 128
Ano de Lançamento: 2015
ISBN: 9788580413649
Editora: Arqueiro

Há bastante tempo li a trilogia O Inferno de Gabriel e me interessei por essa nova série, intitulada Noites em Florença, ao saber que Gabriel e Julianne Emerson também faziam parte.

Então, é inevitável que tenha spoiler da trilogia. 

O príncipe das sombras é uma introdução à série e apresenta o príncipe de Florença, que pretende matar Gabriel e Julianne e recuperar suas obras (exibidas na exposição mencionada no final de “A redenção de Gabriel”). A história se passa em 2011, O príncipe percebe o amor entre o casal, se imagina como Gabriel e constata que Julianne pode estar em risco, assim como Gabriel também percebe que há algo estranho entre os visitantes da exposição e pede que um deles se afaste da esposa. Por outro lado, são demonstradas as reuniões no Principado e apresentados os subordinados do príncipe, como Ibarra e sua aliada Aiobhe, sendo definidas as próximas ações na cidade.

O clima da história é tenso e me fez lembrar da série “Crepúsculo” ao descrever os ataques à cidade. O final mantém o clima de suspense sobre o que acontecerá com Gabriel e Julianne e prepara para o próximo livro. No final, consta um glossário dos termos utilizados, a lista dos personagens e os dois primeiros capítulos de A transformação de Raven, o que eu achei bem interessante porque atiça a curiosidade do leitor.
“Você pode ter escapado por enquanto, Emerson. Mas não vai escapar de mim para sempre.” – página 54.
FICHA TÉCNICA
Nome original: The Raven
Autor: Sylvain Reynard
Tradução: Fernanda Abreu
País de origem: Canadá
Número de páginas: 448
Ano de lançamento: 2015
ISBN: 9788580413861
Editora: Arqueiro

O livro tem início em 2013, com as obras já recuperadas pelo Príncipe. Ao voltar de uma festa, a determinada Raven (que é deficiente e nomeia a muleta de Harry) tenta proteger Angelo, morador de rua e acaba sendo atacada e sofrendo tentativa de abuso por parte dos que tentavam agredi-lo. É salva pelo príncipe (William), que diz “Cassita Vulneratus” (cotovia ferida, cotovia é uma espécie de pássaro) assim que a vê.
“Um pássaro na gaiola nunca é tão bonito quanto um pássaro livre” – página 222.
Ao acordar, Raven percebe que já não tem dificuldade para andar e enxerga normalmente sem os óculos, enquanto o Príncipe pensa nela e rejeita Aiobhe. Raven é restauradora, funcionária da galeria em que as obras estavam expostas e é interrogada, assim como Gabriel Emerson fica furioso ao ver que os quadros desapareceram e promete encontrá-las. Enquanto isso, as reuniões no principado continuam, Julianne sente dores e Raven percebe diferença nas ilustrações de Mercúrio. William reaparece, promete proteger Raven e dá um crucifixo de presente a ela, além de dinheiro e tenta  convencê-la a sair da cidade. 

William a convence e leva Raven para sua casa e propõe que ela fique, em troca de que ele salve Bruno (com quem ela havia saído) e sua avó da mesma forma que a salvou. Ele a considera protetora, inteligente e sobrevivente e por essas qualidades decide levá-la a um lugar para que possa conhecer o mundo dele, sentindo-se cada vez mais atraído por ela. Tanto Raven como William tem um passado complicado e dramático, o que pode dificultar a relação. A partir daí, o livro ficou bem chato, os protagonistas bem inseguros e o final é previsível, mas deixa espaço para os acontecimentos do próximo livro (The shadow), ainda não lançado por aqui.

Há várias citações da Bíblia nos capítulos e também frases em latim, relacionadas ao passado de William. Como no livro anterior, há glossário e lista de nomes, além de capítulos inéditos de “A redenção de Gabriel” e de “A transformação de Raven”. Sylvain Reynard foi bem inteligente em manter o casal da trilogia de Gabriel nos dois livros, mas reconheço que esperava muito mais da série, me pareceu uma mistura de “Crepúsculo” com “Cinquenta tons de cinza” e lerei a sequência somente para saber sobre a promessa feita por William.
“Havia a nudez absoluta de estar vulnerável frente à pessoa amada, e de confiar que ela fosse aceitar essa vulnerabilidade e não usá-la para destruir. Havia a confiança advinda do fato de compartilhar segredos sabendo que o outro não iria traí-lo. Havia o sacrifício de saber que o sofrimento era uma possibilidade, mas de amar mesmo assim" – página 390.

Um pouco sobre o autor: Quase nada foi divulgado sobre a verdadeira identidade do autor por trás do pseudônimo Sylvain Reynard. Sabemos que é canadense, já escreveu vários livros de não ficção e tem um profundo interesse pela arte e pela cultura renascentistas. Embora declare ser do gênero masculino, seus fãs têm uma forte suspeita de que na verdade seja uma mulher. Semifinalista ao prêmio de Melhor Autor e Melhor Livro no Goodreads Choice Awards de 2011, Reynard apoia diversas instituições de caridade e acredita que a literatura ajuda a explorar os diversos aspectos da condição humana, como o sofrimento, o amor e a redenção. Seus livros publicados no Brasil são:

- O Príncipe das Sombras
- A Transformação de Raven
Comentários
7 Comentários

7 comentários:

  1. Oi Kelly, confesso que não me interessei muito por essa leitura, especialmente por já conhecer a escrita de Sylvain Reynard (tenho muita curiosidade em ter mais informações sobre o autor) e não ter me adaptado muito. De qualquer maneira, o que me chama mais a atenção mesmo são as capas de suas obras, que eu acho simplesmente lindas. Achei interessante saber que Gabriel e Julianne também fazem parte do enredo.
    Boas leituras ;)
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  2. Oi Kelly, tudo bem?
    Nunca li a trilogia de O Inferno de Gabriel, mas tenho uma leve vontade de conhecer a história, apesar das pessoas acharem clichê.
    É uma pena pena que o livro A Transformação de Raven seja previsível pois me pareceu uma história intrigante. Afinal, a protagonista era deficiente e depois consegue andar e enxergar normalmente por causa de um príncipe, que me parece meio misterioso.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  3. Olá, eu ainda não li essa série mas tenho muita vontade. Eu não conhecia esse livro mas já gostei dele. Parece ter alguns temas polêmicos. Eu espero ler todos os livros dassa série. Eu nunca li nada do autor, mas já sei que vou gostar.

    ResponderExcluir
  4. Sabe, tenho uma curiosidade enorme em ler esse livro e isso acontece principalmente pelo fato de quem escreve. Confesso que achei interessante o fato de ter citações da bíblia, só fiquei meio assim pois você disse que esperava mais e de que o mesmo é uma mistura de livros bem conhecidos. Enfim, mesmo com esse pequeno detalhe um dia ainda darei a oportunidade e lerei esse livro. :)

    Beijos
    Vento Literário / No Facebook / No Twitter

    ResponderExcluir
  5. Oii, tudo bem?
    Eu ainda não tive a oportunidade de ler nenhum livro da trilogia O Inferno de Gabriel, mas sempre ouvi muitos elogios. Eu adorei saber que tem uma série que é ligada a original, assim podemos acompanhar os personagens que já conhecemos e ainda conhecer novos.

    ResponderExcluir
  6. Oi Kelly, eu não fazia ideia da existência desses livros acredita? eu tenho a trilogia do inferno de Gabriel, mas não li ainda. Confesso que sua resenha me deixou bem curiosa e com toda certeza eu irei ler os livros o quanto antes!

    Beijos

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/04/luz-camera-e-acao-18.html

    ResponderExcluir
  7. Quando terá o outro livro de Raven? Sei que terá continuação
    Gostei muito dos livros de Sylvian

    ResponderExcluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014