22

Oye, morena, ¿tú qué miras? (Megan Maxwell)

FICHA TÉCNICA
Título original: Oye, morena, ¿tú qué miras?
Autora: Megan Maxwell
País de Origem: Espanha
Número de páginas:480
Ano de lançamento: 2015
Editora: Planeta de Libros
ISBN: B0008LVCZD0
SKOOB

Novo livro de Megan Maxwell significa estar feliz por ler em espanhol, com direito as músicas latinas esperadas e características dela! O livro faz parte da série Adivinha quem sou? e é focado em Coral, amiga de Yanira, protagonista dos primeiros livros.

Após a separação do ex-marido, Coral decide não se envolver em relacionamentos, mas se sente atraída por Andrew, o segurança de Yanira que deixa claro não “repetir” mulheres. Andrew compra uma casa próxima a dela e eles se aproximam, principalmente após Candela (filha de Coral) viajar para passar as férias com o pai. A rotina de pais separados é expressa por Coral e Agustin, que tem ótimo relacionamento e bom senso entre eles, sempre visando o bem estar de Candela.
“Escuta o vento que inspira. Escuta o silêncio que fala e escuta seu coração, que sabe” – página 70.
Com uma relação complicada com a avó Sora, Andrew convida Coral para acompanhá-lo ao casamento do irmão e os dois viajam para a fazenda em que a família dele vive. Para surpresa dela, Coral é apresentada como namorada dele e Andrew pede que continuem assim, pelo menos até o casamento do irmão. O relacionamento de Andy (como é chamado pela família) com mulheres é complicado por vários motivos e fatos do passado, o que faz com que ele não confie ou acredite em nenhuma mulher.

Sora é índia e bem complicada, trata mal a família e não cansa de repetir que a fazenda é sua e impor sua opinião e vontade a todos. Um personagem importante é Lewis, pelo qual é discutida a questão de homossexualidade e preconceito contra gays em cidades pequenas e com homens considerados "machos"; o dilema entre manter aparências ou buscar liberdade e ser feliz. É abordado também o mal de Parkinson, mas de forma bem leve, talvez fosse interessante aprofundar o tema ou trazer mais informações sobre a doença.
“Entendo que na sua época o amor era entre homens e mulheres, mas no mundo em que vivemos hoje, o amor é entre pessoas”. página 324
Coral e Andrew são opostos, mas igualmente bem sucedidos, conquistaram tudo com seu esforço. Ela é totalmente urbana e pensa em ter seu próprio negócio de doces enquanto ele adora estar em sua cabana vendo as estrelas e conhece muito de música country. Eles ficam inseguros e confusos quanto aos sentimentos quando se envolvem, com a frase título do livro utilizada em momentos de conquista. Tudo pareceria perfeito se alguns fatos familiares e principalmente as decisões precipitadas de Coral não pudessem colocar a relação em risco. Andrew também tem seus momentos de atitudes extremamente infantis, mas demonstra persistência em seus objetivos.

As atitudes de Coral nos shows (Fifth Harmony, com a sobrinha de Andrew e Luke Bryan na despedida de solteira de Flor) reconhecem a questão de ser fã, me identifiquei bastante com a reação delas.

A parte musical é forte durante toda a história, com várias músicas em espanhol: Recuerdame, Pasos de cero (Pablo Alborán), No existen limites (Luis Miguel), Macarena (Los del Rio) por parte de Coral; as músicas country preferidas de Andrew: Someone like you, We Were Us (Keith Urban), Chattahoochee (Alan Jackson), Country Man (Luke Bryan), Burn one down (Clint Black) e também La gata bajo la lluvia (Rocio Durcal), conhecida pelos dois. Marcando a diferença entre os protagonistas, as músicas tema são Someone like you (Keith Urban) e No existen limites (Luis Miguel).

A mensagem principal do livro é de que nunca é tarde para reconhecer erros e oferecer novas oportunidades, além da importância de tratar bem as pessoas ao seu redor e se adaptar independente do ambiente, já que Coral percebe que há amor, felicidade e união tanto numa festa grandiosa com comidas elaboradas como em um sítio com comidas feitas pelos próprios convidados.
“Nunca é tarde para dizer “sinto muito” e “te amo”. – página 386.
A postura de Coral em alguns momentos lembra Yanira e as tentativas de Andrew de reconquistá-la são parecidas com as de Dylan (ambos de Adivinhe quem sou), o que me pareceu bem repetitivo. Não é o meu livro preferido da autora, mas recomendo para quem gostou da série e queira saber mais sobre os personagens, já que a família Ferrasa é citada e se faz presente em vários momentos.


Um pouco sobre a autora: Megan Maxwell é uma reconhecida escritora do gênero romântico. Filha de mãe espanhola e pai americano, publicou vários romances. Vive numa encantadora aldeia nos arredores de Madri, na companhia do marido, dos filhos, do cão Drako e do gato Romeo. Seus livros publicados no Brasil são:
Comentários
22 Comentários

22 comentários:

  1. Oi, Kelly!
    Eu juro que li o nome da menina de Cadela hahhahahah Louca eu
    Adorei sua resenha. Ainda não li nada da Megan, mas já separei alguns pra ler.
    Beijos
    Balaio de Babados | Participe do sorteio do livro Marianas

    ResponderExcluir
  2. Olá ,essa série me desperta um grande interesse mas achei a capa bem diferente dos outros volumes, mas provavelmente é porque não foi publicado aqui ainda. Fiquei curiosa com a leitura e gosto muito de espanhol, só não sei se conseguiria ler um livro inteiro no idioma. Achei a premissa muito atraente.

    ResponderExcluir
  3. Oi Kelly!
    Adorei a sua resenha e me interessei bastante pelo livro, apesar de não ler em espanhol!
    Essa autora nos surpreende a cada dia, pois escrever em espanhol não é fácil!
    A história me interessou bastante, adoro esse tipo de romance meio "proibido", que mexe com os personagens e, consequentemente, com o leitor!
    Vou aguardar sair a versão em português e adicionar à minha lista.
    Abraço!

    Karla Samira
    http://www.pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá Kelly. Fiquei com medo da sua resenha ter spoilers - coisa que eu detesto - pq eu tenho Adivinha quem sou e Adivinha quem sou esta noite, e ainda vou ler, então dei uma puladinha e fui pro final pra ver suas impressões. Vi a relação de música e lembrei de Peça-me o que quiser, que tb tem muitas músicas e acho isso muito bacana, apesar de não curtir muito justamente as músicas em espanhol rsrs.
    Gostei da mensagem do livro, é uma mensagem bonita e tenho certeza de que vai ser uma leitura gostosa e que vai me satisfazer.
    Bjk
    www.viciadosemleitura.blog.br

    ResponderExcluir
  5. OIe, tudo bem?

    Eu amo a Megan, ela é simplesmente phodástica. Não conhecia esse livro dela, mas achei bem interessante. Gostei das coisas que ressaltou sobre ele. "Nunca é tarde para dizer "sinto muito" e "Te amo"." Essa é a mais pura verdade!

    Beijos,
    Dai | http://www.cheirodelivronacional.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi!!!
    Sou apaixonada pela autora, pela escrita e pelos livros então tudo que tem de novidade dela eu quero conhecer e este não será diferente. As citações musicais dela são ótimas e dá para fazer um playlist de respeito. Parabéns pela resenha.


    Beijos
    Carla Fernanda

    ResponderExcluir
  7. Nossa, eu li a trilogia Peça-me o que quiser e amei, mesmo que muitos falem que é meio pervertida mas para mim foi bem diferente. Tenho o Surpreenda-me e Vai Sonhando e nem tenho pressa em começar esta saga nova, mas adoro como a Megan escreve as histórias porque ela tem um jeito que gosto nas narrativas e ela coloca sempre músicas e faz as personagens mais fortes.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  8. Olá Kelly,
    Megam Maxwell é uma autora que não desperta em nada minha curiosidade, dá para acreditar?
    Não fiquei interessada no livro e não leria, apesar de sua resenha estar muito boa!
    Beijos ♥
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oii,
    Parabéns por ter feito a leitura em espanhol, queria eu conseguir. Adorei a premissa do livros e a mensagem que ele Traz de que nunca é tarde para reconhecer erros e oferecer novas oportunidades, isso é otimo para o ser humano.

    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Oii,
    Parabéns por ter feito a leitura em espanhol, queria eu conseguir. Adorei a premissa do livros e a mensagem que ele Traz de que nunca é tarde para reconhecer erros e oferecer novas oportunidades, isso é otimo para o ser humano.

    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Olá, Ivi!

    Eu gosto muito da escrita da Megan, e mesmo que eu não goste de alguns de seus personagens, estou louca para ler outras coisas dela, até agora só li a trilogia Peça-me o que quiser, e pretendo ler outras coisas dela como essa série Advinhe quem sou esta noite.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi
    Não li nenhum livro da série e confesso que não me interessei muito por esse.
    Mas em compensação, achei super legal esse lance da musicalidade do livro e o fato de você ter lido em espanhol, com certeza pode captar muitos aspectos sensuais.
    Adorei a dica.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  13. Adoro os livros da Megan e estou em débito com vários atrasados dela. Com certeza quando esse sair por aqui vou querer ler.
    A música é algo bem forte em suas narrativas e adoro isso, pois como amante de música descubro coisas novas para ouvir.

    Muito boa a mensagem do livro e conheço umas pessoas que deveria aprender isso.

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  14. Oi Kelly, estou totalmente curiosa para ler algo dessa autora, você fala tão bem dela que eu quase morro de curiosidade com a escrita! hahah os livros chamam muito minha atenção e em especial gostei muito desse também. Já entrou na lista.

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  15. Ola Kelly lindona mesmo com essa capa linda, a premissa do livro não me chamou muita atenção, eu ainda não sei se amo ou odeio a autora uma de suas trilogias me irritou, estou para começar outro livro dela. Espero que eu goste. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  16. Olá Kelly
    Nossa leu em espanhol??? Que legal!!!
    Não conhecia esse livro, mas achei interessante abordar lados tão diferentes, alias do casal serem de mundos tão diferentes. Gosto de histórias assim e pelo que vi, a premissa é bem bacana.
    Adorei sua resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Oii, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia esse livro, mas adorei a sua resenha, a achei bem detalhada. Eu adorei poder conhecer um pouco da historia e dos personagens, e também saber qual é a mensagem o livro. Realmente é importante tratarmos bem as pessoas e sabermos reconhecer os nossos erros. Espero ter a oportunidade de ler o livro.

    ResponderExcluir
  18. Nunca li nada da autora por não ser de um gênero que eu leia muito e a premissa desse não me saltou aos olhos, adorei essa de ler em Espanhol! Já consigo ler poucos livros em Inglês e já li um conto em Espanhol, acho que devo me arriscar mais no idioma, também adorei o fato de a música estar presente e de um modo um tanto latino que amo!

    http://deiumjeito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Olá!!

    Eu nunca li nada dela!!! O Vai Sonhando é o primeiro que pretendo ler! Mas tenho vários aqui em casa! Preciso começar!
    Gostei da ideia desse, ele é bem hot igual falam dos outros?

    Bjus
    Blog Fundo Falso

    ResponderExcluir
  20. Sou tão bem informada pelas obras da autora que achei que Adivinha quem? sou ia ter só dois livros... rs... Pena que algumas coisas fizeram esse livro parecer repetitivo. Tenho o primeiro livro da série aqui, se eu gostar provavelmente vou querer esse também mesmo assim, acho que chega esse ano aqui no Brasil pela Planeta também. Gostei da mensagem que o livro passa. :)

    Beijo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  21. Olá... tudo bem??
    Não conhecia essa série... conheço poucos livros da autora e só li dois, que era mais romance policial o que me deixou bem satisfeita e pretendo ler o terceiro para terminar a trilogia... Sempre vejo várias opiniões sobre a sua escrita... algumas mais elaboradas e outras nem tanto... infelizmente esse livro não me contagiou para leitura... mesmo sendo da mesma serie, percebemos que ele é bem independente porque fala de outro casal e nem dá para ficar perdido, foi a impressão que eu tive é claro.... xero!

    ResponderExcluir
  22. Oie Kelly!!!
    Ainda não tive a chance de ler nenhum livro da Megan Maxwell, tenho uma amiga que é pirada pela autora. Ela vive me incentivando a ler algo dela, por isso sei que lerei em algum momento kkk. Adorei sua resenha aliás, fiquei bem empolgada com o enredo. Talvez eu comece por essa série ;)
    Aliás o que você achou difícil acompanhar o livro em espanhol?
    bjs

    ResponderExcluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014