15

Eu Vejo Kate (Cláudia Lemes)

FICHA TÉCNICA
Autor: Cláudia Lemes
País de origem: Brasil
Páginas: 389
Ano de lançamento: 2015
ISBN: 978856719114-0
Editora: Empíreo
Compre AQUI:

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 70º livro lido em 2015 e foi EU VEJO KATE (Cláudia Lemes). Este livro veio para mim em função da parceria com a Editora Empíreo e embora seja um livro de um gênero que eu não estou acostumada a ler, estava ansiosíssima para conhecer a escrita da autora.

O livro nos traz a Kate, uma escritora americana que no momento está muito envolvida em seu novo projeto: escrever a biografia de Nathan Bardel, um serial killer que com requintes de crueldade, matou doze mulheres na cidade de Blessfield, cidade natal de Kate e após Bardel ser capturado, foi punido com a pena de morte pelo estado da Flórida. Kate fez uma excelente pesquisa sobre Bardel e quando começa a escrever o livro, recebe a notícia que a editora que publicaria a biografia, não está mais interessada no projeto e oferece uma boa quantia para que Kate comece a escrever outro romance, gênero que ela já escreveu antes. Mas Kate está muito envolvida neste projeto, ela não quer parar de pesquisar e escrever e ignora as orientações da sua agente para interromper a biografia. Segue pesquisando e neste processo de angariar informações, conhece o Owen, um agente federal que traçou o perfil de Nathan e teve a oportunidade de entrevistá-lo muitas vezes antes da sentença de morte ser executada. Owen e Kate se envolvem quase que automaticamente, porém ambos estão sufocando fantasmas do passado e paralelo à isso, Kate recebe ameaças para arquivar o projeto sobre Nathan e novas mulheres começam a aparecer mortas e embora Nathan esteja morto, as mortes possuem as mesmas características das vitimas de Bardel. 

O livro então irá se desenvolver em descobrir quem é o novo serial killer e a investigação se estabelece sob a plataforma de que qualquer um pode ser o assassino, inclusive Kate e Owen.
"Eu temo as pessoas que se ajustam. Você sabe? O mundo é louco. Somos sete bilhões de pessoas construídas na mesma biologia, as mesmas necessidades básicas, somos feitos para ser uma comunidade e ainda assim, fazemos os outros passarem fome, estupramos, assassinamos e torturamos crianças por prazer. As pessoas que se ajustam à isso, que dormem tão bem à noite, os que são bem sucedidos em uma empresa, porque conseguem seguir as regras, mesmo que essas regras sejam doentes... Eu e você não somos os desajustados." página 230
O livro é tenso, violento e angustiante. A narrativa é frenética, ousada e embora a gente conheça um milhão de enredos com esta premissa nas séries de TV, em filmes e nos livros, a narrativa de EU VEJO KATE é extremamente original. A voz narrativa do livro é sob diversos pontos de vista, incluindo o próprio Nathan Bardel, mesmo morto, ele observa e nos apresenta características de Kate que ela desconhece. 

Este livro foi uma surpresa para mim!!! Eu não costumo ler muitas coisas do gênero e nem lembro qual foi o último thriller policial que li, porém essa história me consumiu do primeiro ao ultimo paragrafo. Não foi uma leitura fácil porque a autora não poupa sangue, emoção e impressões objetivas de tudo o que acontece e, todas as pausas que eu fiz enquanto eu lia, foram em função de chegar no meu próprio limite para com a história que se desenvolveu nas páginas. Em um dado momento, a leitura se tornou tão assustadora para mim, que cheguei a ter dores físicas em função do meu envolvimento com os personagens, mas não apenas a curiosidade me carregou para o fim do livro, mas a própria escrita da Claudia nos amarra e nos arrasta para a conclusão.

Quando eu leio um suspense geralmente não fico muito preocupada em descobrir exatamente a grande surpresa da história, me deixo levar porque sei que o autor irá se revelar, cedo ou tarde. Sendo assim, não sou daquele tipo de leitor que na metade do livro, bato no peito e grito: Já sei!!! Então, quando o mistério deste livro se revelou para mim, eu fiquei uns 5 minutos olhando pra página do livro, me sentindo uma retardada, porque não imaginei quem era o novo assassino nem por um único parágrafo. A surpresa porém estava apenas no começo e não era o ponto alto do livro. A autora nos reservava ainda mais.


Concluí a leitura devastada! Foi um livro que me arrancou da minha zona de conforto com violência e me jogou em uma escrita não só corajosa, mas diferenciada pela sua própria universalidade. Confesso que tenho uma antipatia por autores brasileiros que desenvolvem suas histórias em cenários internacionais e nominam seus personagens com nomes americanos, porém em EU VEJO KATE isso não teve o menor peso para mim porque este livro não foi escrito para leitores brasileiros, foi escrito para leitores universais. O ambiente e toda a situação criada é capaz de ser compreendida independente da cultura e isso agregou poderosamente à mim.


Eu não apenas li o livro, mas eu o assisti. As descrições que a autora faz, sejam de situações corriqueiras como uma refeição, ou de lutas e brigas, são tão ricas que é possível ver os personagens passeando pelas páginas e isso é incrível, talvez este também tenha sido o motivo que para mim, foi necessário pausar a leitura em alguns momentos: tudo era real demais!!!
"Eu fecho os olhos e começo a rezar. Não rezo para que a polícia chegue, nem para conseguir sair disso com vida. Rezo para desver e desescutar o que aconteceu naquela casa." página 286
Enfim, eu adorei!!! O livro me chocou, me fez sentir medo, aversão, frio e fome. O livro me fez chorar e sentir tudo, mas sobretudo me deixou extremamente satisfeita com a leitura. Pego o livro nas mãos e sinto um orgulho absurdo em ter  meu exemplar autografado porque eu tenho certeza que este livro fará um sucesso grandioso e, acredito no potencial desta história para ganhar o mundo, sendo traduzido em vários idiomas e também ganhando a telona dos cinemas em uma adaptação cinematográfica. Tenho em mãos a primeira edição de uma obra que será referência dentro do gênero. Mais que isso, este livro ganhará respeito e notoriedade no mundo literário e eu estou bem satisfeita porque tenho a minha primeira edição em mãos.
"Não há finais felizes, mas há esperança." página 384
Super recomendo para quem gosta de ficção de suspense. O livro tem todos os elementos do gênero inseridos em uma história forte e muito consistente. Para quem não aprecia este estilo, aconselho arriscar-se a ler e se confrontar com uma história que merece atenção. O livro é uma joia rara, lapidada e bela, que talvez incomode por alguns detalhes, todavia, é tão bem escrito, que você desejará ler mais coisas do gênero. Pelo menos comigo, foi o que aconteceu.

Adorei!


Um pouco sobre a autora: Cláudia Lemes é brasileira e nasceu em Santos-SP. Cresceu no Rio de Janeiro, onde, sob a forte influencia da mãe, professora de literatura, tornou-se uma leitora compulsiva. Dos dez aos dezesseis anos, morou no Cairo, Egito. Ao voltar para o Brasil, viveu na cidade de São Paulo e decidiu estudar criminologia por hobby, depois de passar por uma tentativa de assalto, e nesse caminho a curiosidade pela mente de assassinos em série despertou toda a sua atenção. Em 2014, se apegou ao prazer da escrita e depois de dez anos de pesquisa, nasceu EU VEJO KATE.

Comentários
15 Comentários

15 comentários:

  1. Já estava curiosa para ler esse livro, inclusive ele estava na minha lista de leitura mas depois dessa resenha será o próximo livro que irei comprar, com certeza!
    Você conseguiu nos passar toda a originalidade da obra e mesmo não gostando do gênero, ou talvez principalmente por isso, o descreve perfeitamente.

    Parabéns pela resenha, cumpre demais o seu papel de nos deixar ainda mais apaixonados pelos livros... ahahahah

    Beijo!
    Adriana.
    Crônica sem Eira

    ResponderExcluir
  2. Olá, Ivi.
    Eu comecei a ler esse livro hoje. Estou bem no comecinho ainda, mas já gostei de a autora ter começado a história dentro da cabeça do protagonista. Espero sentir tudo o que você sentiu também hehe. E vou guardar bem a minha edição, porque vai que se torna relíquia hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  3. Oiee ^^
    Não fiquei muito animada com a premissa, mas saber que a autora consegue detalhar ricamente os acontecimentos me deixou curiosa, e também pelo fato de não ser um gênero que você curte, e ter te conquistado. Espero gostar tanto quanto você ^^ e amei a sua tatuagem ♥
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    Gente, que livro incrível, fiquei fascinada sua resenha também ficou muito boa, intensa.
    Também tenho essa sua antipatia com livros nacionais 'estrangerizado' acho que temos tantas coisas legais para se explorar por aqui.
    Vou procurar esse livro com certeza o/

    www.poyozodance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Minha nossa!!!!
    Que resenha é essa????
    Já estou imaginando o livro sem ao menos lê-lo!!!!
    Eu adoro esse tema...nos seriados...nunca li um livro com um apelo tão intenso!
    E a tua resenha está maravilhosa, incrível!!!
    Parabéns!!!!! Certamente, me conquistou...
    Eu Pratico Livroterapia

    ResponderExcluir
  6. Oi Ivi!
    Nossa, o livro é surpreendente! Parabéns pela resenha, me deixou ainda mais curiosa quando comentou que a autora colocou mais surpresas no final, além do mistério do livro <3
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  7. Ivi
    Eu comecei a ler esse livro ontem e já estou totalmente envolvida!
    Adorei suas impressões e espero gostar tanto quando você!
    A Cláudia é uma fofa e muito especial.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Tbm não leio muito do gênero mas fiquei bastante curiosa.
    Agora sabendo que a autora não poupa sangue me deu medinho sabe rsrs
    Gosto de livros que tem outros personagens narrando tbm
    Adorei sua resenha.
    http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Ivi, eu sou louca para ler esse livro desde que fiquei sabendo que ele seria lançado. Eu sou louca para livros policiais, então sou meio suspeita de falar hahaaha adoro um bom suspense e mistério, acredito que essa obra está recheada disso! Ótima resenha.

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  10. Olá Ivi,
    QUE RESENHA *-*
    Adorei a premissa do livro e a ideia no todo, que bacana você ter o livro autografado. Também acho que esse livro fará sucesso - muito, aliás.
    Já quero ler. Gosto muito de ficção e suspense ♥
    Beijos
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  11. Oláá
    Nossa, a capa e a edição estão fantástica, fiquei muito curiosa pela leitura desde que ouvi falar no livro e quero muuuito ler, sua resenha está ótima

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Cada vez que leio uma resenha desse livro, fico ainda mais com vontade de ler, não costumo ler muito livros assim, apesar de gostar, mas esse em especial tem aguçado a minha curiosidade e confesso, estou indo atrás de comprar esse livro agora, fui conquista de vez agora. Excelente resenha.
    Bjim!
    Tammy
    Livreando | Facebook

    ResponderExcluir
  13. Olá!!
    Gostei de sua resenha gosto muito de suspense e nesse mês do terror vi varias resenhas desse livro, q to com uma seria necessidade dessa leitura, ja fiz até uma campanha pra tentar ganha-lo mais num funcionou tão bem rsrs mais espero poder adquiri-lo em breve pra desvendar esse mistério que ta conquistando tata gente
    Bjocas

    ResponderExcluir
  14. Olá! Suspense é um dos meus gêneros favoritos e esse parece ser um dos bons. Vou procurar saber mais sobre essa história. Beijos!

    http://frases-perdidas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oii, tudo bem?
    Eu estou terminando de ler esse livro, e confesso que ele está me deixando sem folego. Eu adoreia escrita da Claudia e o modo como ela desenvolveu a historia! Espero que o Eu Vejo Kate seja um sucesso.

    ResponderExcluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014