3

The Law Of Moses (Amy Harmon)


Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 46º livro lido em 2015 e foi THE LAW OF MOSES (Amy Harmon). Minha experiência com a escrita da autora foi das melhores possíveis com o MAKING FACES, que no Brasil ganhou o nome de BELEZA PERDIDA, então, quando comecei a ler THE LAW OF MOSES, minha expectativa estava lá em cima.

O livro começa com o nascimento de Moses. Ele nasceu e foi abandonado por sua mãe ainda na maternidade, largado dentro de um cesto na maternidade do lugar. Sua mãe, uma viciada em drogas pesadas, foi encontrada poucos dias depois, e a principio, sua morte foi dada por overdose. Moses cresceu na pequena cidade de Levan, sendo criado pela bisavó, uma senhora carinhosa e religiosa, que tentava fazer com que a vida de Moses fosse o menos desconfortável possível, ainda que tivesse que conviver com o olhar preconceituoso das pessoas. Além de todos conhecerem a história de seu nascimento, Moses nasceu com a pele escura e algumas pessoas ainda rotulavam umas às outras em função da sua raça.

Moses também teve a sua contribuição para que a cidade não lhe fosse simpática. Na adolescência se envolveu com gangues e vandalismos e ficou um tempo fora de Levan e quando retornou para concluir o ensino médio, conheceu Georgia, uma moça de uma família tradicional da comunidade, apaixonada por cavalos, extrovertida, animada e feliz. Moses e Georgia sempre se olharam durante a infancia, mas cada um acreditava que pertenciam a mundos diferentes, porém, quando Georgia é atacada por um desconhecido após o rodeio da cidade, é Moses quem a salva de um estupro e eles acabam se tornando amigos e como era de se prever, se envolvem.

Mas não se engane, não temos aqui um tradicional New Adult onde a garota boazinha se envolve com o badboy do momento. Georgia é boazinha e Moses é badboy, mas ele é muito mais que isso. Moses tem um dom natural, um talento especial. Ele consegue pintar paisagens e pessoas com perfeição, mas além disso, as suas pinturas e seus personagens não são frutos apenas da sua imaginação, eles foram pessoas que já morreram e voltam na cabeça de Moses para que ele cumpra alguma missão. Esse dom é um segredo que Moses carrega consigo e que infelizmente acaba o colocando na cena de alguns crimes da cidade: várias jovens sumiram e seus restos mortais começam a ser encontrados perto dos lugares onde Moses desenvolve suas pinturas. Isso é assustador para a cidade e para Georgia também e após uma situação limite, Moses acaba perdendo o controle de suas próprias emoções e é internado em uma instituição para doentes mentais. A partir daí, um intervalo de tempo se passa e após ele conseguir lidar com o seu dom e ter controle sobre a sua mente, ele decide voltar para Levan.
"Há leis, não regras. As leis da natureza e as leis da vida. As leis do amor e as leis da morte. E quando você as quebra, haverá consequências. Página 85
O livro é incrível!!! Sinceramente, não tenho palavras para descrever as diversas emoções que tive durante esta leitura. Encontramos nesta narrativa um pouco de tudo: romance, superação, mistério e um final de tirar o fôlego. Nosso coração se aperta e se regozija em várias cenas e não existe um só parágrafo que eu não tenha torcido vorazmente para que tudo desse certo.

A história é consistente, bonita, original e com um toque discreto de fé. Os personagens são construídos com qualidades e defeitos e ainda que tenha uma dose boa de sobrenatural, tudo é extremamente crível. A autora vai desenvolvendo os capítulos em primeira pessoa, sob a perspectiva de Georgia e de Moses e nos revelando as camadas do que ela quer nos contar. Sem pressa e sem sonegar informações, ela nos dá um panorama bem embasado de todas as informações que precisamos, porém o final e a forma como ela nos apresenta a solução do mistério, para mim, foi muito surpreendente. Após terminar de ler, percebi que ela tinha dado pistas, porém, a narrativa nos ilude, nos engana e nos faz olhar em outra direção.

Adorei o livro!!! Terminei de ler e fiquei muito satisfeita com a leitura. Este é aquele tipo de livro que pode agradar leitores dentro de vários perfis literários porque o livro é completo. Super recomendo para quem gosta de romance ou drama e se você gosta disso com um toque de suspense e mistério sobrenatural, também encontrará prazer nesta leitura.
"Lágrimas de alegria, regam a gratidão". Página 343
Após ler o livro, fui pesquisar na internet se existe algum projeto para que esta história se torne um filme porque na minha opinião, tem muito a ver com a telona, mas nesta minha pesquisa o que achei foi uma série de montagens sobre o casal principal e eu curti bastante, porque pra mim, Georgia e Moses passaram a ser um dos meus casais literários queridinhos da vez. Deixo para vocês uma destas montagens que encontrei.


Enfim, super recomendo!!!


Um pouco sobre a autora: Amy Harmon é uma escritora americana que atualmente está marcando presença nas listas de livros mais vendidos do Today e New York Times. Além de escritora, é professora e palestrante motivacional. No Brasil, o seu único livro é BELEZA PERDIDA
Comentários
3 Comentários

3 comentários:

  1. Este livro tem em português? Estou no final de Beleza perdida e estou apaixonada...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Suelen Cristina, me sinto do mesmo jeito.
      Ontem terminei de ler Beleza Perdida e ainda estou suspirando. Faz um bom tempo desde que terminei de ler um livro e me senti órfã

      Excluir
    2. Suelen Cristina, me sinto do mesmo jeito.
      Ontem terminei de ler Beleza Perdida e ainda estou suspirando. Faz um bom tempo desde que terminei de ler um livro e me senti órfã

      Excluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014