30.4.19

Filme da Vez #95 De Pernas Pro Ar 3

FICHA TÉCNICA:
Título Original: De Pernas Pro Ar 3
Ano de Produção: 2018
Lançamento no Brasil:  11 de Abril de 2019
Duração: 109 minutos  
Gênero:  Comédia
País de Origem: Brasil
Classificação Etária: 14 anos
Direção: Julia Rezende
Elenco: Ingrid Guimarães, Maria Paula, Bruno Garcia, Denise Weinberg, Samya Pascotto, Cristina Pereira, Eduardo Mello, Duda Batista.
Distribuidora: Downtown Filmes
Sinopse: O sucesso da franquia Sex Delícia faz com que Alice (Ingrid Guimarães) rode o mundo, visitando os mais diversos países em uma correria interminável. Sem tempo para se dedicar à família, quem assume a casa é seu marido João (Bruno Garcia) que cuida dos filhos Paulinho (Eduardo Mello) e Clarinha (Duda Batista) de apenas seis anos. Cansada de tanta agitação, Alice decide se aposentar e entregar o comando dos negócios à sua mãe, Marion (Denise Weinberg). Porém, o surgimento de Leona (Samya Pascotto), uma jovem competidora, faz com que mude seus planos.
Como assisti os dois filmes anteriores, queria conferir as novas aventuras de Alice (Ingrid Guimarães) oito anos depois de “De pernas pro ar 2”. Logo no início, o tom divertido característico da personagem muda, já que ela percebe que perdeu vários momentos importantes da vida dos filhos e do marido e decide que a mãe a substituirá na empresa.

Em uma visita a empresa, Alice conhece Leona (Samya Pascotto), que a admira e quer mostrar algo que desenvolveu, no estilo dos produtos da loja de Alice: um aplicativo que conectado aos óculos de realidade virtual proporciona imagens de acordo com as escolhas do usuário. A primeira cena realmente engraçada é no momento em que Alice testa o produto, pois se empolga e age como se as imagens projetadas fossem reais.  



Enquanto isso, sua família está feliz e empolgada pela “aposentadoria”, porém, Alice se sente como uma estranha em sua própria casa e se surpreende ao perceber que o filho Paulinho (Eduardo Mello) já leva suas – várias – conquistas para casa, além de não saber detalhes da rotina da filha Clarinha (Duda Batista) na escola. 

O marido João (Bruno Garcia) ganha destaque na história ao confrontar Alice com argumentos super válidos por algumas atitudes infantis e egoístas com a família e principalmente em relação ao sucesso de Leona com o produto desenvolvido. A empregada Rosa (Cristina Pereira) é importante em vários sentidos, considerada como parte da família e rende boas risadas, principalmente ao se deparar com os produtos da loja de Alice.



O filme tem momentos bem divertidos, mas me pareceu mais sério do que os anteriores, com foco nos dilemas e conflitos da vida (família / trabalho) e na importância de buscar o equilíbrio entre as atividades.  Quando Alice decide voltar a trabalhar, o filme demonstra após vários momentos tensos que duas mulheres inteligentes são melhores trabalhando juntas do que competindo entre si.

Eu gostei!

Trailer Oficial:

Nenhum comentário:

Postar um comentário