Uma Terra Prometida (Barack Obama)

quarta-feira, 6 de abril de 2022

Ficha Técnica:

Nome Original: A Promised Land
Autor: J Barack Obama
País de Origem: Estados Unidos
Tradução: Berilo Vargas, Cássio de Arantes Leite, Denise Bottmann e Jorio Dauster
Número de Páginas: 764
Ano de Lançamento: 2021
Publicação original: 2021
ISBN13: 9788535933963
Editora: Companhia das Letras
SKOOB | GOODREADS | Compre na AMAZON

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 26º livro lido em 2022 e foi Uma Terra Prometida (Barack Obama). Sempre fui uma admiradora do ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama e estava muito curiosa para ler sua autobiografia lançada este ano aqui no Brasil.

Barack Obama liderou a maior nação do mundo por 8 anos. Naturalmente, chegar ao cargo mais importante do planeta não é uma tarefa simples e fácil. Na primeira parte de sua biografia intitulada “Uma Terra Prometida” ele passa sua história a limpo. Os ganhos e as perdas, as batalhas e um amplo resumo de sua vida. 

Mais do que um livro biográfico, Uma Terra Prometida é uma obra que ultrapassa diferentes camadas literárias. Na primeira parte de sua biografia, Barack Obama apresenta todo o caminho que trilhou até a conclusão de seu primeiro mandato como presidente dos Estados Unidos. Transpassar tanta informação, obviamente, não seria uma tarefa simples. O livro é dividido em capítulos extensos, narrando eventos de modo cronológico. Por isso, o leitor não ficará perdido com datas, acontecimentos ou o momento histórico ao qual o autor se refere. Aliás, todo o texto é balizado com datas que estabelecem de modo muito objetivo o período em que é narrado. Em poucos momentos o autor introduz algum acontecimento dissonante, costurando-o com a linha de tempo principal durante a leitura.

O estilo de escrita de Barack Obama é muito pessoal, o que dá a impressão de estar lendo uma história de alguém conhecido. Em muitos momentos, reflexões individuais escapam dos fatos, revelando pensamentos e angústias. Ao mesmo tempo, vida pessoal e profissional se misturam de modo muito intenso, revirando acontecimentos entre sua família e seu cargo. Isso não é simples, pois Obama mistura sua vida pessoal e profissional. Por exemplo, ao descrever seu compromisso com o clima narra uma reunião tensa com líderes mundiais para reduzir a taxa de emissão de carbono. Após um confronto forte e intenso, consegue formalizar um acordo. Com esta importante vitória, Obama regressa para Casa Branca, em Washington, e sua esposa Michelle relembra-o de que além de salvar o clima do planeta, ele ainda precisa cumprir uma promessa que fizera a filha: salvar os tigres. A pequena havia tido uma aula sobre a extinção destes animais e por ele ser o presidente dos Estados Unidos, precisava fazer algo.

Barack Obama escreve muito bem, e escreve muito, o que a meu ver, não é um problema. Ao contrário, dá um tom pessoal e interessante para a leitura. 

“Uma Terra Prometida” é apenas a primeira parte da biografia e por isso narra apenas o estágio inicial da vida política do autor. Ainda assim, fatores relevantes são apresentados, como por exemplo, fatos da infância e pensamentos da adolescência, a relação com a família, como os avós, a mãe e a irmã, além de narrar como foi a primeira corrida política, o cargo de senador e o primeiro ano de seu mandado presidencial.

É complexo classificar o que se aprende ao ler um livro tão denso, profundo e com uma gama de assuntos tão bem amarrados. Por isso, gostaria de destacar assuntos que chamaram minha atenção por não estarem relacionados a sua biografia, mas a sua visão de mundo.

Refleti muito sobre liderança e resolução de conflitos. Obama relembra nome de diversos assessores e revisita personagens que encontrou desde a caminhada para as prévias do partido. Dá para notar autenticidade de um líder, decorar nomes, frases e situações importantes mostram como uma pessoa era importante para ele. Mesmo que tenha sido feito com a ajuda de outras pessoas, demonstra o carisma de introduzir a descrição de cada pessoa que lhe ajudou a governar, dividindo histórias anônimas com o leitor.

Ao mesmo tempo e tendo que lidar com diversos assuntos, Obama esbanja liderança e assertividade. Escolhe sua equipe a dedo e sempre apoia os membros nos momentos em que encaravam algum desafio. Entende que são eles quem alimentarão suas decisões, mostrando dados, fatos e posições. Por isso, todos são sempre convidados a participarem de seu governo. A assertividade e objetividade de Barack demonstra como conduzir reuniões complexas, por exemplo, dando voz a todos antes de formar uma opinião e estratégia. Estes são exemplos de como lidar com uma rotina, às vezes, atribulada da maioria das pessoas.

Por fim, destaco ainda a capacidade de Obama em simplesmente derrubar o muro do que imaginei ser a rotina de um presidente. Cercado por repórteres, fotógrafos, políticos e assessores, precisava achar tempo para tomar decisões que impactariam a vida de milhões de americanos e mercados ao redor do mundo. Conforme Barack narra, sua vida era como um equilibrista que precisava se manter concentrado para não deixar nada cair, ou mesmo um soldado com a missão de desarmar bombas antes de explodir. Os acertos não eram comemorados pela grande mídia e pessoas no geral, tudo ficava escondido. Como aprovar uma lei que forneceu proteção e promoção da saúde para mais de 30 milhões de americanos, que simplesmente ficou ofuscada com a lenta demora da sociedade absorver essas transições. No entanto, cada erro era milimetricamente comentado por todos, demonstrando a fraqueza da sua liderança e contestando sua política.

Acredito que muitos tenham conhecido Barack Obama no momento em que ele se tornou presidente americano. Por isso mesmo, toda a sua história anterior é uma imensa lacuna para nós. Pode ser que para alguns, seu destino já estava traçado e algum momento chegaria até lá. No entanto, o que mais me marcou no livro foi justamente perceber que nem ele acreditava nisso. Uma Terra Prometida é um imenso argumento ao pensamento de que nós, seres humanos, não estamos prontos e só estaremos completos no momento que encontrarmos um propósito ao qual vale a pena lutar. No caso de Barack Obama, ele encontrou este sentido na administração pública, fazendo política para quem mais precisava, o que fica evidente na paixão que mostra no seu texto.

Foi uma leitura rica, impactante e que me deixou envolvida durante as mais de setecentas páginas.

Gostei demais!


Um pouco sobre o autor:
Barack Obama foi o 44º presidente dos Estados Unidos, eleito em novembro de 2008 e reeleito para um segundo mandato. Mora em Washington, D.C., com a mulher, Michelle. Tem duas filhas, Malia e Sasha.

Seus livros publicados no Brasil são:

    • Sonhos do Meu Pai
    • A Audácia da Esperança
    • Uma Terra Prometida
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ivi Campos

46 anos. De todas as coisas que ela é, ser a mãe do André é a que mais a faz feliz. Funcionária Pública e Escritora. Apaixonada por música latina e obcecada por Ricky Martin, Tommy Torres, Pablo Alboran e Maluma! Bookaholic sem esperanças de cura, blogueira por opção e gremista porque nasceu para ser IMORTAL! Alguém que procura concretizar nas palavras o abstrato do coração.




.

Colunistas

sq-sample3
Kesy
sq-sample3
Kelly
sq-sample3
Laís

Facebook

Instagram

Resenhas

Filmes

Meus Livros

Músicas

Youtube


Arquivos

Twitter

Filmes

Mais lidos

Link-me

Meu amor pelos livros
Todas as postagens e fotos são feitas para uso do Meu amor por livros. Quando for postado alguma informação ou foto que não é de autoria do blog, será sinalizado com os devidos créditos. Não faça nenhuma cópia, porque isso é crime federal.
Tecnologia do Blogger.