15.1.20

O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá (Jorge Amado)

Ficha Técnica:
Nome Original: O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá
Autor: Jorge Amado
País de Origem: Brasil
Número de Páginas: 64
Ano de Lançamento: 1978
ISBN-13: 9788528609721
Editora: Bertrand Brasil

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 1º livro lido em 2020 e foi O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá (Jorge Amado). Estava lendo uma matéria que relatava que Jorge Amado escreveu essa história para o seu filho em 1948, mas o filho descobriu o manuscrito apenas em 1976 e quando isso aconteceu, ele decidiu datilografar e ilustrar o enredo e só então Jorge Amado o publicou.

O livro nos traz o Gato Malhado, animal de gênio difícil, de quem todos os outros bichos fugiam ao aparecer no parque. Ele era indiferente a esse comportamento e seguia sua vida sem se importar muito até que com a chegada da primavera, o Gato Malhado nota que a Andorinha Sinhá não tem receio algum dele. Foi o suficiente para que dali nascesse a amizade dos dois, que se aprofundou com o tempo. No outono, os bichos já viam o Gato com outros olhos, achando que talvez ele não fosse tão ruim e perigoso, uma vez que passara toda a primavera e o verão sem aprontar. A mudança de comportamento do Gato foi tão forte, que ele até escreveu um poema, mostrando-se sensível.


Um belo dia ele confessa a Andorinha que se não fosse um gato, a pediria em casamento. Mas o amor entre os dois era proibido, não só porque o Gato era visto com desconfiança, mas também porque a Andorinha estava prometida ao Rouxinol.


Apesar de ser uma história curta, o autor quebrou a quarta parede, conversando com o leitor e explicando alguns detalhes que julgava pertinente salientar. 

Como toda boa fábula, temos aqui um ensinamento nas entrelinhas que é muito relevante para os dias de hoje, ainda que essa história seja realmente antiga. A história aborda o amor e temas como discriminação, preconceitos, amor proibido e traição.


Foi uma leitura gostosa, tranquila e que deixou o coração aquecido para começar o ano de forma leve. 

Eu gostei!!!


Um pouco sobre o autor: Jorge Amado é um dos mais famosos e traduzidos escritores brasileiros de todos os tempos. Sua obra literária foi adaptada para cinema, teatro e televisão, além de ter sido tema de escolas de samba por todo o Brasil. Seus livros foram traduzidos em 55 países, em 49 idiomas, existindo também exemplares em braille. Ele é o autor mais adaptado da televisão brasileira. Amado foi superado, em número de vendas, apenas por Paulo Coelho, mas em seu estilo - o romance ficcional -, não há paralelo no Brasil. Em 1994 viu sua obra ser reconhecida com o Prêmio Camões, o Nobel da língua portuguesa. Alguns de seus livros publicados são:

    • Capitães de Areia
    • Dona Flor e Seus Dois Maridos
    • Gabriela, Cravo e Canela
    • Mar Morto
    • O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá
    • Tenda dos Milagres
    • Teresa Batista Cansada de Guerra
    • Tieta do Agreste



Nenhum comentário:

Postar um comentário