11.1.19

Filme da Vez #84 Aquaman

FICHA TÉCNICA:
Título Original: Aquaman
Ano de Produção: 2018
Lançamento no Brasil: 13 de dezembro de 2018
Duração: 140 minutos
Gênero: Aventura e ação.
País de Origem: EUA
Classificação Etária: 12 anos
Direção: James Wan
Elenco: Amber Heard, Jason Momoa, Nicole Kidman, Patrick Wilson, Djimon Hounsou, 
Dolph Lundgren, Graham McTavish, John Rhys-Davies, Julie Andrews, Leigh Whannell, 
Ludi Lin, Michael Beach, Natalia Safran, Randall Park, Sophia Forrest, Temuera Morrison, Willem Dafoe, Yahya Abdul-Mateen. 
Sinopse: O meio-humano, meio-Atlante Arthur Curry (Jason Momoa), é levado à jornada de sua vida — uma jornada que vai forçá-lo a não só encarar sua verdadeira identidade, mas também a descobrir se ele tem o que é necessário para ser… um rei.
Oi gente que ama livros, hoje venho comentar com você as minhas impressões do filme Aquaman, o que para mim, era o filme de super-herói mais aguardado do ano por motivos de Jason Momoa.

O personagem do Aquaman nunca foi um favorito para mim, na verdade não conheço ninguém que gostasse intensamente dele. Na verdade, ele sempre foi motivo. Sua participação nos quadrinhos foi limitada a aparições secundárias e aventuras de pouca importância. Com o passar dos anos, o personagem ganhou espaço, mas nunca deixou de ser motivo de piada. Com a nova era da DC no cinema, o diretor transformou o antes loiro e esbelto Rei dos Mares em um brutamontes de cabelos longos vivido pelo maravilhosamente perfeito Jason Momoa. Mas, para quem esperava mais uma empreitada sombria e densa, este filme desvirtua toda a premissa estabelecida nos longas anteriores deste universo.


Aquaman é um carnaval de cores, criaturas e luzes. Um desfile de monstros e batalhas embaixo da água. Épico como Homem de Aço, mas sem aquela atmosfera sombria dos outros filmes do universo da DC Comics. O longa se sustenta pela identidade e respeito que tem à história do personagem, ainda que não seja perfeito. O roteiro, fraco e sem nenhuma inspiração na parte cômica, abraça o ridículo e o transforma em algo heroico e condizente com a história do personagem. Além da excelência visual, o maior trunfo de Aquaman é ser ousado o suficiente para apostar em uma estética um pouco brega, mas hipnotizante.


A missão não é só apresentar o Aquaman, mas toda a mitologia dos Sete Mares, incluindo a história do maior reino deles: Atlântida. Arthur Curry, filho da Rainha Atlanna com o pescador Thomas Curry, precisa reaver o trono que é seu por direito para evitar uma guerra entre a superfície e os reinos subaquáticos que serão comandados por seu irmão Orm. A tradicional negação do dever é a motivação inicial do protagonista, incentivado por Mera, seu par romântico,vivida por Amber Heard. O casal não tem química, mas isso não atrapalha o desenvolvimento do roteiro.

Por outro lado, a apresentação do mundo aquático é um deleite para os olhos. Toda a direção de arte transmite a sensação de escala épica compatível com a grandeza da mitologia do herói. Mais que isso, o diretor consegue tornar suas esquisitices de design em uma fantasia nunca vista em um filme do gênero. Aquaman é possivelmente o longa de herói mais bonito feito até aqui. Sem vergonha da cafonice, exagero de cores ou neon, o filme flerta com o mau gosto a todo instante e está confortável com isso, o que acaba criando um universo rico e único. Se sentir em Atlântida é um dever mais do que cumprido, assim como a credibilidade alcançada na diversidade de espécies naquele mundo. Ninguém parece genérico ou gratuito e quase tudo parece vindo direto de uma discoteca dos anos 1980, com fantasias e sons que se conectam pela psicodelia e têm quase nenhum sentido junto, mas no fim das contas, funciona.

É fato que Momoa se diverte como Aquaman. É carismático, sedutor, e conversa com o público pela simpatia. 


O filme tem um visual excelente, ação com escala, impacto e tensão, mas peca na hora de criar relações verdadeiras entre os personagens. Apesar disso, o mundo criado ao redor do casal protagonista é tão bem estruturado e tem identidade tão particular que na verdade a gente não dá a mínima para a relação entre eles. A coragem de rir do próprio ridículo, colocando o herói para falar com peixes ou cavalgar um cavalo-marinho, dá ainda mais crédito ao filme. Consciente da fantasia que propõe, Aquaman se diverte como nenhum outro herói da DC se divertiu nos últimos anos e leva o público junto, sem vergonha de ser quem é.

Eu curti bastante.

Trailer Oficial:

12 comentários:

  1. Oii,tudo bem?

    Minhas expectativas para o filme do Aquaman eram tão grandes quanto a aprovação dos outros filmes da DC. Por mais que as animações criadas pela DC sejam incríveis e tenham feito parte da minha infância, ela peca muito quando o assunto são filmes. Aquaman nunca foi um dos meu personagens favoritos, mas sempre esteve presente em alguns episódios de “Liga da Justiça Sem Limites” e em “Liga da Justiça”, sempre aparecendo no último momento para salvar a todos. Aquaman parece superar todas as expectativas, assim como o filme da Mulher Maravilha.

    Beijinhos!!

    ResponderExcluir
  2. Quero demais assistir ao filme, só ando lendo críticas excelentes dele. Espero poder fazer isso logo, pois os filmes da DC não tem como ficar sem assistir, nem falar coisas ruins, eles são tudo de bom.

    ResponderExcluir
  3. O HOMEM LINDO DA PORRA!!!
    Desculpa, Ivi!!! Mas tinha que fazer esse comentar isso antes, pois admito que só quero ver Aquaman por causa do Jason *-*
    MDS, sou arriada os quatro pneus por esse homem mas todo mundo disse que esse filme é o que está sendo bom da DC e espero mesmo porque ela tá precisando.
    Adorei seus comentários acerca do filme e a química não rola ali nas telonas porque não era eu lá kkkkkk

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Olá, Ivi!
    Não sou fã de filmes de super heróis, mas convivo em casa com uma galerinha que adora, então acabo sempre assistindo - por imposição! E em alguns deles, tenho que admitir, até acabo gostando, muitas vezes mais pelo ator do que pelo personagem, rs. Um exemplo? Wolverine!!
    O Aquaman é um dos personagens favoritos de meu filho. Sempre brinco com ele dizendo que ele é o único fã no mundo. Agora, não mais!!!
    Obrigada pela dica! Não vou no cinema, mas sei que quando chegar na telinha, terei que ver TODAS as vezes que passar... aff!

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Não consigo entender a tara das pessoas com o Jason kkkk Eu acho ele um bom ator e encarnou o Aquaman, mais que isso, ele reinventou o Aquaman, mas é isso. Não é o deus grego do Henry Cavill, mas enfim hahaha
    Quero muito ver esse filme, pois apesar do fracasso de alguns filmes, ainda curto o universo da DC, mais ainda que da Marvel.

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Estou animada para assistir esse filme, apesar de não conhecer muito o universo dos heróis e onde se encaixam, acho que vou gostar do filme. A produção parece estar de muita qualidade e adoro o ator, então isso já é um bom sinal.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  7. Oii Ivi, tudo bem? Ameei seu texto e ver que gostou do filme e se divertiu. O Aquaman também não é meu personagem favorito, mas quando vi o trailer do filme fiquei muuuito curiosa para assistir e saber mais sobre ele... ainda não consegui fazer isso, mas quero assistir em breve e espero me divertir também. Fora que eu sou apaixonada nesse autor, rsrs.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Eu nunca me interessei muito em assistir filmes de super-heróis, confesso. Sempre fui mais fã dos desenhos quando criança. Aqueles que passavam no Sbt. E via o personagem do Aquaman num desenho desses. Assim nunca procurei ler as HQ's nem nada. Vi que esse tipo de filme está em alta atualmente, mas ainda não vi nenhum dos lançados recentemente. Aquaman não chega a despertar o meu interesse, mas eu talvez assista só para relembrar os velhos tempos de desenhos animados, o revendo agora com outras características físicas e dessa vez interpretado por uma pessoa e não sendo só um desenho.rs

    ResponderExcluir
  9. Poxa, eu acho que vou acabar nem assistindo o filme nos cinemas... Mas fiquei curiosa, essa aparência dele é muito semelhante à da animação da Warner, Liga da Justiça. Se for comparar com a aparência inicial dos quadrinhos e na animação Superamigos, ele está totalmente diferente (acho que prefiro desse jeito, mais selvagem rsrs). Não sei exatamente o que esperar do filme, pelo trailer, vi que tem uma parte cômica que não vai me convencer, mas espero gostar de um modo geral, de qualquer forma.
    bjos
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  10. Olá!

    Acho que esse filme ganhou mais destaque por conta do Jason Momoa.
    Eu não sou muito ligada à história de quadrinhos, então antes do filme ser lançado, eu não fazia a mínima ideia do que se passava por essa história.
    Tenho uma pequena curiosidade para assisti-lo, espero que seja tão bom quanto estão falando!!!

    ResponderExcluir
  11. Olá Gatona!

    Quando eu crescer quero falar tão bem de filmes quanto você, é serio. Por um instante eu achei que você não tinha gostado do filme, mas então vi que era só uma forma de expressar algumas situações meio "cafonas"kkk. Estou louca para assistir, vi que está batendo record de bilheteria e vamos combinar né Jason Mamoa é Jason Mamoa. Estou curiosa ainda mais para conhecer um pouco mais sobre esse romance.

    Amei, sua resenha.

    Alias, amo tudo que você escreve.

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Eu estava com muita expectativa para assistir o filme e gostei demais do que encontrei. Não sou de ficar fixada em informações mais técnicas para mim se prender minha atenção e cumprir a missão de entreter já está valendo, ele me encantou do início ao fim!

    Beijos!

    ResponderExcluir