22

Na Estrada Jellicoe (Melina Marchetta)

Ficha Técnica:
Nome Original: On the Jellicoe Road
Autora: Melina Marchetta
País de Origem: Austrália
Tradução: Guilherme Miranda
Número de Páginas: 296
Ano de Lançamento: 2016
ISBN-13: 9788555340017
Editora: Seguinte
SKOOB | GOODREADS

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 4º livro lido em 2017 e foi Na Estrada Jellicoe (Melina Marchetta). Depois de ler e ver tantas indicações positivas para com o livro, decide que já estava na hora de resgatá-lo da estante e ler esta história.

O livro começa com um acidente de carro em que três crianças sobrevivem: Narnie, Tate e Webb. Apos este episódio, a narrativa avança consideravelmente no tempo e conhecemos a Taylor, uma jovem de 17 anos que quando criança, abandonada pela mãe na linda estrada Jellicoe, uma estrada no interior da Austrália. Conhecemos a protagonista enquanto ela é moradora de um internato e é mediadora de uma guerrilha por território entre três grupos: os alunos do internato onde Taylor estuda; os citadinos, que são os adolescentes da cidade que não estudam no internato e os cadetes, jovens militares que uma vez por ano, vem até a região para acampar.


Em um primeiro momento, o livro parece que irá se desenvolver nesta luta entre os três grupos e a Taylor é a mediadora e líder dos jovens do internato, porém, conforme a narrativa discorre, vemos os dramas do passado da Taylor ganhar cada vez mais espaço nas páginas e os rivais, que lutariam contra ela na guerrilha, que é uma tradição da região, acabam se tornando amigos e muito próximos dela. 

Quando Taylor foi abandonada aos 9 anos, ela foi resgatada por Hannah, uma mulher que passou a ser a sua tutora e embora as duas nunca fossem muito íntimas, a Hannah era a figura de adulto confiável que Taylor construiu ao longo do convívio delas. Porém, o livro começa com o desaparecimento de Hannah e a busca do seu paradeiro, costurado com revelações do passado de Taylor, é que dão o ritmo para o enredo.


Em um primeiro momento, achei o livro extremamente confuso e estranho. A voz narrativa da Taylor é intercalada com um manuscrito da Hannah, sobre cinco crianças que desapareceram no passado e o clima de mistério aumenta a cada página, ainda que no final, tudo faça muito sentido e aquela sensação de não ter prestado atenção direito na leitura, tenha me invadido de forma cruel.

Temos personagens, muitos mesmo, bem desenvolvidos e marcantes na trama e cada um deles, é uma peça importante para o esclarecimento das dúvidas da Taylor, que em maior ou menor escala, são nossas dúvidas também.

Nas últimas páginas do livro, antes do epílogo, eu estava chorando igual uma criancinha perdida no hipermercado. Foi comovente a forma como a história se encerrou e foi impossível não chorar. Mas o ápice do livro se dá quando o mistério é revelado e você percebe que a autora deu dicas ao longo do enredo e talvez, pouco provavelmente, um leitor mais concentrado, teria desvendado durante a leitura.

Eu gostei bastante do livro, mas acredito que a estrutura de escrita da autora poderia ser um pouco menos enrolada. A história é forte, triste e tocante. Mas em alguns pontos do livro, eu me vi voltando uma ou duas páginas para entender melhor a cena que ela queria descrever. Apesar disso, o livro se transformou em uma leitura boa, consistente e que ficará na minha mente por muito tempo.

Não é apenas um livro jovem/adulto. Pela forma que foi escrito, acredito que muitos possam não se conectar com a história facilmente, mas se persistirem, terão nas mãos, um livro muito bom.


Recomendo para quem gosta de drama, com um romance discreto e longe de ser o foco central da história. A narrativa é quase poética, de tão sensível e é uma história que merece ser lida e refletida.

Gostei muito.


Um pouco sobre a autora: Melina Marchetta vive em Sydney, na Austrália e começou sua carreira literária em 1992. Foi professora de inglês e história até 2006, quando resolveu se dedicar exclusivamente à escrita. No Brasil, Na Estrada Jellicoe, é o seu único livor publicado.
Comentários
22 Comentários

22 comentários:

  1. Olá
    Eu nao conhecia esse titulo, mas fiquei bem interessada depois de ler seus comentários e a premissa parece ser ótima. Achei a capa bem bonita e fiquei bem curiosa quanto ao desenvolvimento, seja pela parte da ambientação quanto personagens, entre outras características. É um gênero que chama muito a minha atenção, um dos que eu leio com frequência na verdade, e pelo que pude compreender por aqui, os elementos são ótimos, ainda mais por ser um drama e ser tão tocante como pude perceber. Espero poder ler em breve, e obrigada pela indicação!
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem?

    Ainda não conhecia esse livro. Gostei muito da resenha. Com certeza vou querer ler assim que der para saber mais do que aconteceu com a Taylor. E parabéns por já ter lido 4 livros esse ano. Ainda não consegui ler nenhum

    Beijos
    ByVanessamedeiros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Ivi lindona confesso que a premissa do livro a primeira vista não me chamou muita atenção,lendo sua resenha percebi que a escrita da autora não fluiu tão bem, o que chamou minha atenção foi as emoções que o mesmo despertou em você, anotei adica para ler em um momento mais calmo.beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  4. Oi, Ivi!
    "Na Estrada Jellicoe" é um livro que só ouço falarem bem. Estou bem curiosa, pois sei que é o tipo de livro que passa emoção. Se você chorou, acredito que eu também vá. Sou muito emotica com livros. rsrs..
    Se você curtiu esse livro, então talvez gostei de "Mentirosos". Já leu esse? Muito bom.
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  5. Oie! Tudo bem? Não conhecia esse livro, mas infelizmente acredito que não realizaria a leitura dele, não me fecho com a trama abordada nele, mas acredito que uma amiga minha irá gostar, então vou indicar para ela!
    Bjss

    ResponderExcluir
  6. Ivi!
    Parece que é um daqueles livros que temos de ler com atenção redobrada, primeiro por ter muitas personagens e depois, por entrelaçar as histórias do passado com os fatos atuais narrados no livro e pelo visto, tem um quê de mistério também a ser desvendado no decorrer da história.
    Semaninha De muita luz e paz!
    “Existe apenas um bem, o saber, e apenas um mal, a ignorância.” (Sócrates)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de JANEIRO dos nacionais, livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  7. Oi, gosto de Livros com um mistério a ser desvendado e que durante a leitura tentamos montar um quebra cabeça que nos surpreende no final. Sua resenha me fez lembrar do livro Mentirosos e isso me deu mais vontade ainda de ler. Bjs

    ResponderExcluir
  8. Olá Ivi!!
    Já li várias resenhas sobre esse livro, e todas foram sempre muito positivas...
    Acho a capa dele maravilhosa e a premissa super interessante, mas ainda não tive a oportunidade de ler.
    O fato da protagonista se tornar amigas das pessoas que deveriam ser suas rivais me chamou bastante a atenção, e me fez imaginar como seria sua personalidade.
    Espero ler em breve...
    Um beijo!

    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  9. Ivi, antes de falar da resenha, quero te dar os parabéns pelas fotos, ficaram ótimas e super criativo esse fundo. Eu adorei a resenha e fiquei com muita vontade ler o livro, acho interessante a leitura não ser mastigada demais a ponto de vc já pegar todos os detalhes no caminho, e no fim, ops tudo estava escrito lá. Dá trabalho, mas a sensação de ler cada página imaginando um segredo escondido é muito bom. Dica anotada.
    *☆* Atraentemente *☆*

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bom?
    Não conhecia esse livro, mas confesso que fiquei bem curiosa em conferi-lo, ainda mais quando você disse que,apesar da narrativa um tanto quanto confusa, o mesmo se tornou uma boa leitura que ficará em sua mente por um tempo. Confesso que fiquei bem curiosa com o desenrolar do mistério e com o que te fez chorar no fim da obra. Sugestão anotada!

    Beijos!
    Pollyanna Campos - Entre Livros e Personagens
    http://entrelivrosepersonagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi, Ivi!
    Ainda não tinha lido nenhuma resenha sobre esse livro, apenas tinha visto a capa, e alguns comentários aleatórios.
    Não gosto de livros confusos, é muito ruim mesmo termos que voltar as páginas para entender melhor a leitura, já aconteceu comigo várias vezes. Mas quando nos envolvemos com a leitura, fica difícil para a leitura, esse livro parece ter uma narrativa inesquecível e comovente mesmo, acho que vou por na minha lista!
    Parabéns pela resenha!

    Beijos!
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi, Ivi

    Eu acho a capa desse livro a coisa mais linda! Eu até pensei em solicitar ele para a editora, mas eu não sei porque algo nele ainda não me fez ter 100% de certeza se quero ou não quero ler...
    Que pena que você achou a escrita um pouco confusa. O último livro onde eu tive que voltar algumas páginas para ler de novo foi Três Vezes Nós.
    Fiquei um pouco curiosa para saber qual é o grande mistério e o por quê de você ter chorado tanto, mas, como eu disse, ainda falta algo para eu querer ler esse livro.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Pela sua resenha, já deu pra gostar bastante da Taylor. Só de ser um drama, e ter te feito chorar, fiquei super curiosa.
    Esse vou ler.

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Realmente esse livro tem recebido muitos elogios, mas ainda não consegui me animar pra ler apesar de achar interessante a ideia de misturar a narrativa com o manuscrito, gosto de livros assim. Vou manter em mente para ver se leio no futuro. Amei a resenha, super completa!
    Beijos,

    Luana

    ResponderExcluir
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

  16. Olá! Que bom que gostou bastante do livro. Pena que achou a escrita da autora enrolada. Bacana trazer uma história forte, triste e tocante. Adorei saber mais do livro e saber sua opinião sobre ele. Beijos'

    ResponderExcluir
  17. Olá. Eu acompanhei o burburinho do lançamento desse livro e desde o começo achei a capa linda demais. Que pena que você achou a história um pouco enrolada mas vou me apegar ao ponto que a história é forte e tocante para poder ler ela futuramente. Beijos

    ResponderExcluir
  18. Oi Ivi,
    Menina, que indicação foi essa! É a primeira vez que leio algo do livro, mas gostei muito do que a história propõe, amo dramas bem construídos e fiquei bem curiosa para conhecer mais sobre a Taylor. Espero me emocionar com a história tanto quanto você.

    ResponderExcluir
  19. Oi Ivi! ^^
    Não conhecia esse livro e também fiquei um pouco perdida enquanto lia o inicio da resenha e depois compreendi que o livro é um pouco confuso no começo. Fiquei curiosa e como gosto de ler livros emocionantes e percebi que esse com certeza é muito emocionante decidi que se eu tiver a oportunidade de ler irei!

    Beijinhos e até logo! :)

    ResponderExcluir
  20. Oie
    eu ouvi falar quando lançou, parece ser uma leitura muito legal pois vi varios elogios da leitura e tem um enredo muito bonito e intenso

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Oie
    Tudo bom?
    Não conhecia a autora e nem o livro,mas fiquei super curiosa para conhecer a história, ainda mais você dizendo que chorou no final dele. Necessito.
    Beijos

    ResponderExcluir
  22. Eu não conhecia o autor, mas vi a capa em alguma divulgação. É linda por sinal. É tão difícil encontrar um livro que me faça chorar e ainda mais com esse enredo. Preciso já.
    Beijos

    ResponderExcluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014