13

FILME DA VEZ #17 Creed: Nascido Para Lutar

FICHA TÉCNICA:
Título Original: Creed
Ano de Produção: 2015
Lançamento no Brasil:  14 de Janeiro de 2016
Duração: 133 minutos
Gênero: Drama
País de Origem: Estados Unidos
Classificação Etária: 12 anos
Direção: Ryan Coogler
Elenco: Michael B. Jordan, Sylvester Stallone, Wood Harris, Tessa Thompson, Phylicia Rashad.
Distribuidora: Warner Bros
Sinopse: Adonis Johnson (Michael B. Jordan) nunca conheceu o pai, Apollo Creed, que faleceu antes de seu nascimento. Ainda assim, a luta está em seu sangue e ele decide entrar no mundo das competições profissionais de boxe. Após muito insistir, Adonis consegue convencer Rocky Balboa (Sylvester Stallone) a ser seu treinador e, enquanto um luta pela glória, o outro luta pela vida.

 
Esse filme foi recomendado por um amigo, procurei o trailer e mesmo sem lembrar muito da série Rocky, cheguei ao cinema com grande expectativa. A história começa com Adonis (Michael B. Jordan) em um orfanato, sendo adotado por Mary Anne (Phylicia Rashad), que foi casada com seu pai, o lutador Apollo Creed.

A sessão que assisti era com o filme dublado e me surpreendi quando Adonis luta no México e as orientações de seu treinador foram dadas em espanhol. Devo dizer que minha surpresa foi positiva considerando o meu encantamento pelo idioma, mas reconheço que pode dificultar o entendimento do público que opta pela versão dublada.


Adonis procura Rocky Balboa (lutador a quem admira e um dos rivais de seu pai) e consegue convencê-lo a ajudá-lo nos treinos.  Esse trecho é bem divertido, como quando Rocky vai ao centro de treinamento em seu carro e pede que Adonis o acompanhe correndo, sua expressão é de surpresa extrema, bem engraçada.

Antes de se dedicar somente as lutas, Adonis conhece Bianca, sua vizinha e cantora. Ela é deficiente auditiva, mas não se abala e é personagem importante na história, já que os dois se envolvem e ela o apoia em vários momentos. 

Tudo parece bem na vida e nos planos de Adonis até que Rocky passa mal durante um treino. As conversas entre os dois (mesmo algumas discussões) sempre trazem mensagens de incentivo e motivação, seja na luta ou diretamente na vida.


Na luta entre Adonis e o maior campeão da região, o clima é bem real: provocações e brigas na entrevista coletiva, sendo que quando a luta realmente começou me senti na plateia do ringue, torcendo para que ele vencesse ou que pelo menos tudo terminasse bem. Gostei do final da luta, bem lógico e justo, demostrando respeito acima de tudo e até admiração. O único ponto negativo que observei durante o filme foi o excesso de propaganda da marca Nike. 

O filme aborda deficiência e preconceito (subestimando Adonis como lutador) de maneira real e traz várias mensagens de apoio, amizade, respeito, coragem e superação por meio de personagens tão diferentes como Rocky e Adonis, unidos pela paixão pela luta e companheiros em suas próprias batalhas na vida. "Creed" é um filme longo, mas como a história é boa, o tempo passou muito rápido, quando percebi já estava quase no final. Adorei, SUPER recomendo!

Trailer Oficial:

Comentários
13 Comentários

13 comentários:

  1. Eu gosto muito dos filmes do Rocky e esse eu quero muito assistir. Sua resenha me deixou com mais vontade ainda. Bj

    ResponderExcluir
  2. Adorei sua opinião a respeito do filme. Só aumentou minha vontade de assitir! Parabéns e um grande beijo!
    http://www.lostgirlygirl.com

    ResponderExcluir
  3. Oii, tudo bem?
    Eu já tinha visto que esse filme estava em cartaz, e acredito que até já tinha lido a premissa dele, porém eu não fazia ideia que o Rocky iria aparecer, isso é incrível! Eu vi os filmes dele e apesar de não lembrar de quase nada, eu sei que gostei.

    ResponderExcluir
  4. Olá

    Outro filme que só vim ouvir falar dele depois do Globo de Ouro, não é muito meu estilo,mas a história do filme é interessante, quem sabe eu não vejo,vou anotar a dica.

    Bjss

    ResponderExcluir
  5. Me parece um filme bem o interessante para assisrir. E o ator é muito gato o que colabora na minha curiosidade.
    Vou anotar a dica!
    Bj
    Camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir
  6. Nossa, que péssimo isso das cenas no México serem dubladas em espanhol! E não tem nem legenda? Falta de respeito, eu por exemplo não falo nenhuma palavra em espanhol, bom saber disso que nem penso em ver dublado. Mas vou ver só porque Rocky Balboa é um personagem querido pra mim mesmo. E que chato esse excesso de propaganda da Nike,tem gente que realmente não sabe usar merchandising direito.

    Beijo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Engraçado que eu nem ouvi falar nessa estreia :s Acho que é porque não sou muito ligada nesse tipo de filme. Me parece bem interessante pelas abordagens que o filme mostra e pelas mensagens que ele deixa, mas eu realmente não gosto desse tipo de filme e talvez eu não assistiria :/
    Algo que me pareceu bem chato foi o excesso de propagandas. Merchandising é importante, mas em excesso pode acabar estragando as coisas. Pra tudo tem um limite, né?
    Abraços!
    http://blogladoescuro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Eu meio que ignorei esse filme nos cinemas pois não tinha visto nada de divulgação e nem sabia do que se tratava, e já que é uma continuação simbólica de Rocky acho que o filme não é para mim. Eu acho errado essa coisa de não dublarem o espanhol ou não colocar legenda, pois se não me engano a série Narcos tem disso e teve diversas palavras que me confundiu.

    http://deiumjeito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Hey Kelly, tudo bem?
    Ameeei seu post! Maravilhoso. Fiquei com muita vontade de assistir o filme, apesar de não ser de um gênero que eu curta tanto. Como você disse, o filme aborda assuntos bem importantes, então é sempre bom assistir algo assim; acabamos aprendendo bastante.
    Beijos!
    Gaby

    ResponderExcluir
  10. Eu já assisti filmes lindos de luta, mas confesso que por mais que a história desse também seja atraente, no momento eu não estou no clima para filmes do gênero. Tenho assistido mais adaptações.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  11. Não curto filmes de luta, por mais que adore o Stallone o filme não faz meu gênero. Quem com certeza irá gostar é meu marido, hahaha vou falar pra ele sobre o filme.

    http://viajandoentrecitacoes.blogspot.com.br//

    ResponderExcluir
  12. Sou mega fã do Slay (Silverter), não perco um filme dele. Vi esse filme na CCXP, e enlouqueci. Foi um dos melhores filmes que já vi, e ver no meio de pessoas que estavam mega ansiosas, assim como eu, foi algo fantástico. Fico feliz que você também tenha gostado.

    ;D
    Profissão: Leitora

    ResponderExcluir
  13. Olá, Ivi!

    Esse filme não é o estilo habitual ao qual estou acostumada, e mesmo achando a estória interessante, não faz o meu estilo.
    Ultimamente, não ando assistindo tantos filmes assim, mas confesso que acho chato quando assisto um filme dublado e há um personagem falando em outro idioma, e que não há pelo menos uma legenda.
    Irei indica-lo ao meu pai, ele é quem gosta de filmes assim.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014