6

Tag Feitiços Literários


Falar sobre Harry Potter, ainda que não seja exatamente sobre HP, é um prazer. 

Essa TAG consiste em associar os feitiços que estão espalhados pelos sete livros da saga com um livro correspondente. Vamos lá???

Expecto Patronum: Um livro que remete a boas memórias da infância:
A MAIOR BOCA DO MUNDO (Lucia Pimentel Gaes). Um dos livros que eu mais li quando tinha uns 7 anos, me lembro de pegar na biblioteca da escola e sempre renovar milhões de vezes, e ler junto com a minha mãe. O livro conta a história de uma menina, Laurinha, que sempre era muito curiosa e vivia perguntando tudo que passava na cabeça pra sua vó. Até que um dia a vó é quem faz uma pergunta e a pequena quebra a cabeça pra tentar descobrir: Qual a maior boca do mundo? Pra tentar descobrir ela vai viver uma grande aventura, e conversar com vários animais. Sou apaixonada por este livro até hoje. 

Expelliarmus: Um livro que me surpreendeu:
MORTE SUBITA (JK Rowling). Comprei esse livro inicialmente por ser da JK, mesma autora da saga Harry Potter. No começo o livro demorou pra engrenar, eram muitos personagens, muitos mesmo, vocês podem conferir AQUI, na resenha que eu fiz na época que li. Mas de repente o livro se transforma, e eu devorei da metade pro fim em minutos, ou quase isso. São abordados temas polêmicos e envolventes, quando me vi amei mais que chocolate. E pra minha grande alegria uma emissora inglesa está filmando uma série baseada nessa obra. 

Priori Incatatem: Um dos últimos livros que eu li: 
O CÓDIGO DA VINCI (Dan Brow). Sim, é uma vergonha. Uma leitora voraz como eu e você não ter lido até uns dois meses atras esse best-seler. Mas é a realidade. Comprei o livro em 2008, mas até o ano passado não tinha pego pra ler. Coisas de quem tem uma lista de espera gigante, vocês sabem como é. Bom, eu sempre amei a adaptação para o cinema (até ler o livro, obviamente) então sabia que iria amar a obra. Li depois das provas da faculdade, então foi um 'presente' mais do que merecido pelo final do semestre. 

Alohomora: Um livro que me fez abrir as portas para um gênero, anteriormente, desconhecido:
PEÇA-ME O QUE QUISER (Megan Maxwell) - Devo confessar que não gosto de livros do gênero HOT. Nunca li 50 tons e afins. Mas, em setembro de 2013, a Kelly fez uma resenha sobre este livro, que você pode achar AQUI, e não é que chamou minha atenção?!? É uma obra HOT, sim, é, mas apesar das descrições super detalhadas das transas, eu não achei ruim, porque o sexo não era o mais importante, ainda que esteja em quase todas as páginas, mas sim o relacionamento do casal e como eles lidam com as diferenças e descobertas da sexualidade um do outro. 

Riddikulus: Um livro engraçado:
Divã (Martha Medeiros). Se você assistiu a adaptação para o cinema, sabe como a história é engraçada. No livro conhecemos Mercedes, que está em fazendo análise com um psicólogo. Ela esta na casa dos 40 anos, casada, mãe de dois filhos. Sua vida é normal, calma e previsível, e o medo dessa normalidade faz com que ela crie novas expectativas. Ela acaba se separando e vive situações hilárias pra tentar se encontrar depois de já ter vivido o que se esperava que ela vivesse. Em meio a crítica dessa forçação para que as mulheres sejam acomodadas quando chegam a uma certa idade, eu morri de rir com a Mercedes e suas trapalhadas. 

Sonorus: Um livro que eu acho que todos deviam conhecer:
EXTRAORDINÁRIO (RJ Palacio). Você com certeza já ouviu falar desse livro, mesmo que ainda não tenha lido. Minha querida Ivi fez a resenha, que você pode achar AQUI. Imagine-se com 9 ou 10 anos, ir para uma escola nova, ser o centro das atenções, ter de lidar com todo tipo de preconceitos e dificuldades. Ou então, ter um coleguinha na sua sala que é diferente de tudo que você conhece. Ou ainda, ser a mãe desse menino, ou a irmã, ou a professora, ou o pai. Chegaram a mesma conclusão que eu? Não importa quem você seja na história, esse livro traz na visão do pequeno August a realidade das crianças, e como ele soube lindamente sobreviver ao mundo assustador da escola e da vida. 

Obliviate: Um livro que eu gostaria de esquecer que li.
UM PORTO SEGURO (Nicholas Sparks). Sim leitores apaixonados por Sparks, eu enjoei dele. Li apenas 4 livros e cansei da receita de bolo que está por trás de todos os livros. Essa obra você encontra a resenha AQUI. E posso estragar ainda mais o livro, assistam DORMINDO COM O INIMIGO, com a Julia Roberts, de 1991, e depois me digam o que acharam (hahaha risada de bruxa má). 

Império: Um livro que você precisou ler para a faculdade/colégio: 
ORGULHO E PRECONCEITO (Jane Austen). Quem me dera se todas as leituras obrigatórias fossem assim, lindas e apaixonantes. Eu cursei Letras e obviamente lia muito, e essa obra foi uma das paixões que eu tive no curso, e que duraram até hoje. Um romance intenso, que apesar de você ter aquela sensação de saber como vai acabar, é surpreendido no final. AQUI você encontra um pouco sobre minha paixão pela autora e AQUI a resenha do livro.  
Crucio: Um livro que foi doloroso ler:
O DIÁRIO DE HELGA (Helga Weiss). Eu sou fascinada por livros/filmes/séries sobre a segunda guerra mundial. Todos já ouvimos falar de Anne e seu diário, mas esse é diferente. Helga não precisou se esconder, ela fez parte de um grupo de judeus que participou de um 'piloto', uma cidade montada para judeus, com escolas e eventos sociais, só depois de alguns anos foi para um campo de concentração. É um livro intenso, você pode saber mais na resenha AQUI. Eu chorei em TODAS as páginas, sem exagero. E grifei quase o livro todo. Valeu muito chorar todas aquelas lágrimas pra conhecer uma menina tão forte. 

Avada Kedavra: Um livro que poderia matar:
ENQUANTO A NOITE NÃO CHEGA (Josué Guimarães). Esse foi o livro mais difícil de escolher porque a premissa solicitada era muito ampla, e eu matutei em algo que tivesse relação com morte. Eu li esse livro, e você pode ler a resenha AQUI, alguns meses depois da morte da minha querida vó Eunice. E mexeu muito comigo. É a história de dois idosos, bem velhinhos, que vivem sozinhos numa cidade abandonada, todos os filhos e netos já faleceram e o progresso da capital levou os moradores pra longe, só sobrando o coveiro que é a única companhia do casal. Vemos o casal conversando sobre as lembranças da juventude, dos filhos, lutando pra comer, pra passar pelas noites frias. Tocou meu coração.  
Bom, é isso. Espero que tenham gostado. E quais seriam as suas escolhas? Deixem nos comentários ou se responderem a tag no blog de vocês, deixem o link para que eu possa conferir.
Comentários
6 Comentários

6 comentários:

  1. Falar sobre HP, ainda que não seja sobre HP, é sempre muito amor kkkk

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem?

    Adorei essa tag... Acredita que eu também nunca li código da Vinci? Já tenho ele há algum tempo na minha estante, mas acabamos que sempre deixamos pra trás para iniciarmos leituras novas né... Que legal ler um livro assim para a faculdade! Acho que o mais legal até hoje que eu li para o colégio foi A Moreninha hahaha

    XOXO
    umnovo-roteiro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também amei essa TAG...
      Quando ler o Código Da Vinci, me conta o que achou!!

      bjos

      Excluir
  3. Oi Laís
    Tudo que envolve HP é muito amor <3 Conhecia poucos dos livros que você citou e acho que não li nenhum deles! Isso é estranho kkkk. Sou louca para ler Extraordinário e Orgulho e Preconceito. Ambos recebem sempre boas críticas e parecem ser maravilhosos. Adorei suas respostas.
    Beijos

    Vidas em Preto e Branco 

    ResponderExcluir
  4. Adorei a tag e também suas respostas!
    Morte Súbita <333 Não consigo olhar pra esse livro e não espalhar para os quatro cantos que ele é, simplesmente, perfeito! rrsrsrs Eu estava MUITO ansiosa pra assistir a minissérie de 3 episódios mas isso diminuiu um pouco quando li a notícia que eles decidiram por mudar o final pois acharam triste demais. Isso me deixou chocada. Mas ainda quero assistir, obviamente, rsrsrs.
    Extraordinário é realmente maravilhoso, li mês passado e gente... que livro bom! Não esperava muito dele e acabei me surpreendendo, o que é ótimo.
    Também detestei Um Porto Seguro! Que livrinho chato e apelativo! Eu gosto muito de alguns livros do autor, mas ultimamente estou enjoada dele.
    Quero tanto ler Orgulho e Preconceito... só falta o dinheiro pra comprar! rsrs.

    Beijos :)
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Amei essa tag, amo HP.
    Apesar de ler bastante não li e não tenho vontade de ler Código da Vince.
    O Sonorus eu concordo plenamente com vc, acho q todo mundo deveria ler esse livro.
    O meu Obliviate seria 50 Tons.
    Riddikulus tem muitos mas agora eu escolheria o Mamãe Walsh - Pequeno Dicionário da Família Walsh, é muito engraçado.
    Bjs

    ResponderExcluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014