10

TAG: The Name Book Tag (BEL)

A Tag THE NAME BOOK TAG consiste em indicar ou contra indicar livros que tenham títulos iniciados com as letras do seu nome. 
E quem vai responder a Tag de hoje é a Bel Sanz. Que os leitores e seguidores do Blog saibam que esta TAG quase que pôs fim a minha amizade com a Bel, mas vamos às respostas dela:

ANJOS E DEMÔNIOS
NAS ASAS DA BORBOLETA
A MENINA QUE ROUBAVA LIVROS
BELO DESASTRE
EU
LEMBRANÇAS DA  MEIA NOITE

ANJOS E DEMÔNIOS (Dan Brown): Esse é o livro de Dan Brown que eu mais gosto. E apesar de ter sido escrito antes de “O código da Vinci”, eu li depois assim como a grande maioria dos leitores, uma vez que “O código da Vinci” foi o primeiro grande sucesso do autor no Brasil. E é a primeira história de Robert Langdon, o famoso professor de simbologia que depois o autor retorna em outros livros. Um personagem que o autor não pode aposentar nunca.
Nessa história Robert Langdon tenta impedir que uma antiga sociedade secreta destrua a Cidade do Vaticano. As vésperas do conclave (cerimônia para eleição de um novo Papa), Langdon é chamado para analisar um misterioso símbolo marcado a fogo no peito de um físico assassinado em um grande centro de pesquisas na Suíça. Na verdade um ambigrama (uma representação gráfica de uma palavra que pode ser vista rotacionada ou invertida horizontalmente com a mesma fonética ou representação visual. Fonte Wikipédia.) que ele descobre ser dos Illuminati, uma poderosa fraternidade considerada extinta há quatrocentos anos. Essa fraternidade ressurgiu para levar a cabo uma antiga vingança contra a Igreja Católica e de posse de uma nova arma devastadora, roubada de um centro de pesquisas, ameaça explodir a Cidade do Vaticano e matar os cardeais mais cotados para ser o novo Papa. Com essas informações, Langdon voa, literalmente, para Roma e segue por criptas, Igrejas e catedrais seguindo os enigmas deixados em uma trilha alucinante para poder chegar ao refúgio secreto dos Illuminati e assim poder salvar a vida de homens e assim, da Igreja Católica. Ufa...
Recomendo totalmente as histórias de Dan Brown, principalmente com Robert Langdon.

NAS ASAS DA BORBOLETA (Ívi Campos): Esse livro conta a história de Natália, uma mulher independente e bem sucedida profissionalmente, mas que tem um grande sonho ainda não realizado. A história começa nos contando a vida de Fátima, mãe de Natália. Sua vida com um homem bem mais velho que não é muito bom com ela. Fátima engravida e trabalha escondido do marido para poder se sustentar e comprar o enxoval do bebê que está esperando. Fátima deseja muito a criança, mas depois se mostra uma pessoa distante, com pouco contato com a filha, Natália, que vive com uma tia que a cria enquanto Fátima vive para o trabalho. Natália tem um grande amigo, Henrique, que é gay e um praticamente não consegue viver sem o outro. Quando Natália resolve colocar em prática seu grande sonho ainda não realizado (que eu não vou contar qual é) ela se depara com o namorado de Henrique que a procura e a faz desistir e se afastar de Henrique que fica inconsolável sem saber o que aconteceu para Natália se afastar. Natália praticamente se muda para Europa e durante muito tempo não mantém contato com seu grande amigo. Ambos têm outros relacionamentos que não conseguem levar por muito tempo. Natália inclusive casa-se com um homem, Victor, que ela acredita ser o homem da sua vida. Victor é lindo, bem sucedido e faz tudo por ela, ou seja, o homem perfeito, mas Natália entra neste casamento com mentiras e com o tempo a relação deles vai esfriando mais ainda por ela não conseguir enganá-lo por muito tempo e ele também acaba perdendo o interesse. 
Já estou contando muito da história. Ah! Você quer saber se Natália e Henrique voltam a se encontrar? Leia o livro! A leitura é muito leve, apesar de todos os problemas que Natália nos conta de sua vida, mas mesmo assim você se sente como em um bate-papo com a personagem e no final você já é amiga de Natália, está apaixonada por Henrique e mesmo querendo ele pra você acaba torcendo pra que ele e Natália fiquem juntos.
Além de ser um livro super gostoso de ler que eu super recomendo, ainda foi escrito por uma amiga! Genteeee, eu tenho uma amiga escritora! Eu que amo livros, leio quase compulsivamente, tenho uma amiga escritora!
Pela história do livro e por esse simples detalhe, eu não poderia deixar de colocar esse livro entre meus preferidos e citá-lo nessa tag.

A MENINA QUE ROUBAVA LIVROS (Markus Zuzak): Esse livro foi o primeiro que li depois de um longo tempo sem ler compulsivamente. Sempre foi assim, eu leio vários livros e de uma hora pra outra ‘dou um tempo’ mas depois retorno com força redobrada. E em uma dessas voltas eu comprei e li esse livro. Foi o que bastou pra não querer parar de ler novamente porque esse livro é bom demais! Imagina uma história contada pela Morte? Ela nos conta a história de Liesel, que encontrou a morte umas três vezes e se livrou dela. Depois desse fato, a Morte resolve nos contar a história dessa menina. O primeiro livro que ela rouba é o Manual do Coveiro, que ela pega na neve depois que o rapaz que enterra o seu irmão deixa cair e não se dá conta disso. A partir daí ela toma gosto e durante quatro anos ela rouba vários livros, e são esses livros que dão um rumo a vida de Liesel, toda sua história é contada baseada nesses fatos. Parece tudo meio vago, sem sentido mas lendo o livro vamos entender o que acontece e porque Liesel vive fazendo essas coisas. E conhecemos os personagens que rodeiam Liesel, todos muito bem estruturados pelo autor. Amigos que ela acreditar ter e não tem, amigos que ela não acredita serem amigos e na verdade o são. Amigos que parecem imaginários mas são bem reais por viverem escondidos naquela época de caça aos Judeus em pela Segunda Guerra Mundial.
É um livro rico em vários aspectos e que vale muito a pena ser lido. Um livro atemporal que com certeza daqui a 20 anos ainda vai fazer sucesso.

BELO DESASTRE (Jamie McGuire): Pensei muito e não consegui lembrar nenhum outro livro com a letra B. Pra dizer a verdade nem me lembrei desse, lembraram dele por mim. Até porque esse é um livro que eu li, mas já até esqueci, ou melhor, gostaria de ter esquecido mas não esqueci totalmente.
Sim, eu não gostei da história (óbvia demais). Sim, eu não gostei dos personagens, e sim, ele faz parte da minha lista de livros não recomendados.
Essas histórias em que a garota conhece o bambambam da escola/universidade que não liga pra mulher nenhuma e as usa a seu bel-prazer e em um momento impactante são postos frente a frente. Ela se irrita com ele, ele a acha Patricinha demais, vivem de picuinhas e no final...oh meu Deus!...eles se apaixonam, ele resolve mudar pra não perdê-la, ela não acredita no amor que ele demonstra, ele corre atrás dela provando seus sentimentos.....me poupe.
Não vou falar que o livro é mal escrito, não estou dizendo isso, o livro é até bem escrito afinal apesar de não gostar do enredo eu consegui ler até o final! Mas é única e exclusivamente o tipo de leitura de amor/brigas adolescentes que não me atraem. Então se você que por acaso está lendo isso que escrevo, é impressionável mas gosta desse tipo de enredo, não se deixe levar por minhas letras e leia o livro. Mas depois não vem brigar comigo dizendo que mesmo eu não gostando incentivei a leitura, ou então que amou o livro e vir brigar comigo porque eu odiei. Seja feliz!

EU (Ricky Martin): Autobiografia de Ricky Martin.
Ai... Ai... Fã declarada do artista e da pessoa. Preciso explicar porque esse livro faz parte dessa tag? Só fiquei muito feliz por meu nome ter a letra E! Nem todo mundo que vai ler é fã de Ricky Martin então vou explicar. Nessa autobiografia, Ricky nos conta pela primeira vez fatos que marcaram sua vida. Histórias de sua infância, sua batalha para entrar no grupo Menudo, a sua luta por reconhecer sua sexualidade e se aceitar, as dúvidas que surgiram depois do enorme sucesso pós Living’ La vida loca. Muitos fatos que quem acompanha sua carreira desde o Menudo já conhece mas também muitos fatos que somente lendo suas palavras no livro ficamos conhecendo a fundo. Seus dilemas e incertezas. Sua busca incessante em ser aceito, em ser o número 1. Como tudo isso mexeu com sua cabeça e como com muita força de vontade e amor da família e amigos ele encontrou seu verdadeiro caminho e criou sua Fundação. Sim, ele é lindo, talentoso e engajado. Tem uma Fundação que leva seu nome e entre vários projetos tem o mais importante, “People for Children”, que é sua luta pra ajudar crianças e adolescentes que são explorados, tanto laboral como sexualmente. E não é uma coisa só de nome e status, ele está desenvolvendo ótimos trabalhos de ajuda, como sites, instituições e a criação de um grande centro em sua terra natal, Porto Rico.
Curioso por conhecer um pouco mais?


LEMBRANÇAS DA MEIA NOITE (Sidney Sheldon): Continuação do grande sucesso de Sidney Sheldon, “O outro lado da meia noite”. Apesar de ser uma continuação, é um livro independente.
Não entendeu?!
É o que o primeiro tem começo, meio e fim, mas esse, “Lembranças da meia noite” é uma continuação porque a personagem Catherine Douglas procura recordar o que aconteceu na noite em que perdeu a memória. É como se o autor depois de um tempo tivesse tido vontade de explicar um pouco mais o que aconteceu com a personagem no primeiro livro. E essa continuação (?!) é tão boa quanto o livro original.
Então, Catherine Douglas tenta recordar o que aconteceu e o empresário Constantin Demiris não quer que ela lembre quem tentou assassiná-la. Ele conseguiu fazer com que o próprio marido dela, e sua amante, fossem condenados à morte pelo homicídio de Catherine, um crime que não aconteceu. E para evitar que toda a verdade venha à tona ele persegue Catherine e tenta de tudo para evitar que ela descubra a verdade, nem que para isso precise fazer da sua vida um inferno.
Tanto esse livro como o primeiro eu recomendo.

Gostaram da TAG: Quais seriam as indicações que vocês fariam com as letras do seu nome? Eu quero saber!!!
beijos


Comentários
10 Comentários

10 comentários:

  1. Ainda abalada com todas as calúnias e injurias que ouvi a partir do momento que entreguei essa tag para Ívi. Até acusada de roubo eu fui! Só isso já não é motivo para processo??????
    #xatiada
    :oP

    ResponderExcluir
  2. Olá meninas, tudo bem??
    Nossa realmente demais esta tag!!Dos livros citados li somente A menina que roubava livros e realmente amei!!
    Vamos lá então:
    M orte e Vida de Charlie St. Cloud - Ben Sherwood
    I nferno - Dan Brow
    C rescendo - Becca Fitzpatrick
    H omem de sorte Um - tive que improvisar....
    E speciais - Scott Westerfeld
    L ições de Vida - Anne Tyler
    L adrão de Almas - Alma Katsu
    I ndomável - Nick Vujicic

    Foi super difícil, mas consegui, alguns deles tenho na estante mas ainda não li, mas ta valendo!!
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei dos seus livros. Adorei Inferno, Dan Brown sou um pouco suspeita ainda mais com as historias de Robert Langdon.
      Obrigada por participar.
      Bjs

      Excluir
  3. Oi linda! Adorei os livros da Bel Sanz. Tenho curiosidade com o livro do Ricky Martin, para conhecê-lo e ainda estou devendo A Menina que Roubava Livros, parece tão bom! Já Belo Desastre, nossa eu não gostei também. Até postei no blog dia desses e foi um bafafa hahahaha recebi até um e-mail meio rude, mas enfim foi minha opinião não é mesmo?
    Parabéns pelo blog!
    um abraço!
    Pan
    http://pansmind.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por participar, Pandora!
      Leia o livro do Ricky, vale a pena!
      Bjs

      Excluir
  4. kkkkkkk... adorei... vamos ver o que eu acho pro meu nome... vou fazer com os de banca e com os de livraria... kkkkkkkkkkkk...

    ♥ Livraria:
    R - Renegado - Diana Palmer
    A - Amante Sombrio - J. R. Ward
    I - Identidade Roubada
    S - Só Tenho Olhos para Você - Bella André
    S - Se Você Fosse Minha - Bella Andre
    A - A Vidente - Hannah Howell

    ♥Banca

    R - Refém do Desejo - Margo Maguire
    A - A Noiva das Terras Altas
    I - Inocência Perdida - Kat Martin
    S - Sede Implacável - Lara Adrian
    S - Senhor das Terras Altas - Hannah Howell
    A - Adorável Prisioneira - Patricia Grasso

    - Nossa quanta coisa que eu achei, principalmente nos de banca... rsrs... sou apaixonada por tds os livros que pus, todos são incriveis :)

    Boa semana meninas!! E não briguem... rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Raissa, quase morri qdo li "A vidente" pq estou louca esperando por um livro com esse mesmo titulo que vai ser lançado aqui no Brasil, quer dizer, espero que seja, mas os autores são Lars Kepler.
      Quanto as brigas não tem como evitá-las pq isso é como o ar para Ivi, ela ama brigar comigo!
      Bjs

      Excluir
  5. Todos os livros são top. A menina que roubava livros é algo sensacional para mim, é muito raro eu conhecer alguma pessoa que não tenha lido este livro. Acho que nem preciso comentar da perfeição que é Belo Desastre.

    ResponderExcluir
  6. Nossa muito difícil essa tag kkk, ainda bem que não acabou a amizade kkkk. Vamos ver se eu consigo.
    V idas secas
    A culpa é das estrelas (Amoooooo)
    N ão conte a ninguém
    E agora ou nunca
    S egredos de Emma Corrigan, Os
    S edução ao amanhecer
    A zar o seu

    Ufa, achei que não conseguiria kkkk.

    ResponderExcluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014